Todos os anos com a mudança de data cívica, e as festas de fim de ano, natal dos cristãos e fim de ano, vemos a mesma ladainha de anos anteriores de inúmeras promessas, de mudança de vida, de maior determinação, entre outras coisas.

No último encontro do ano em 28/12/2019 – abordamos como tema: O que fazer para que 2020 seja um ano diferente? Com várias dicas que são nossas obrigações, nossos deveres.

Agora, no primeiro encontro do ano, passamos a compreender que se queremos algo diferente de verdade também devemos assumir a condição de protagonistas de nossas vidas e não continuarmos a ser meros coadjuvantes nessa jornada da própria vida.

Cada um tem que tomar para si os rumos de sua vida, ditando os passos ou remando o seu próprio barco, não deixando ser levado pelas ondas ou ser rebocado por outro barco (outra pessoa).

Muitos deixam de viver possibilidades especiais do dia a dia e tornam suas vidas monótonas sem nada a ser acrescentado na jornada diária, é sempre o mesmo arroz com feijão, nunca acrescentam um bacon sequer no feijão, nunca cozinham o arroz com uma mísera cenoura ou milho.

Assim, é fundamental que cada um de nós, nos convençamos de que é possível fazer diferente que não somos meros coadjuvantes em nossa própria existência e muito menos figurantes dentro de nós mesmos.

Se você quer ser protagonista aí vão algumas dicas fundamentais:

  • Tenha uma vida de oração verdadeira (em breve estaremos lançando um manual de oração que vai transformar a vida das pessoas)
  • Tente, sem medo de errar,
  • Faça diferente do que tem feito,
  • Confie em Deus e ouse na fé,
  • Busque ser uma pessoa criativa,
  • Invente coisas para fazer,
  • Bole passeios com as pessoas que ama,
  • Desafie-se na cozinha, surpreenda
  • Coloque amor no que faz e
  • Tenha pretensões cada vez maiores, afinal quem pensa pequeno não imagina a grandeza que está além.

Seja você o único protagonista da vida que Deus te deu, ela é somente sua, para isso Ele o fez a sua “imagem e semelhança” (Genesis 1, 26):

  • Imagem no amor e ser amor e, anda,
  • Semelhança no agir e expressar os gestos de amor.

Destinando-nos a “frutificar” (Genesis 1, 28) o que significa tornar grande e progredir a nossa existência nesse mundo.

Pense e reflita, você nasceu para dar certo! Você é o protagonista da sua vida e não o espectador

Equipe Mais de Deus