stained-glass-563669_640Quero lembrar que nesta sexta feira, a homilia do padre João Alampe (Paróquia São João Batista – Votorantim) falava da amizade, do ser amigo, do viver a amizade… E esta homilia fez me perguntar: Até que ponto sou amigo do Espírito santo?

Até que ponto eu tenho estado aberto aos carismas?

O que a bíblia fala sobre os carismas?

Analisamos de início 3 textos bíblicos:

  • “Temos dons diferentes, conforme a graça que nos foi conferida. Aquele que tem o dom da profecia, exerça-o conforme a fé. Aquele que é chamado ao ministério, dedique-se ao ministério. Se tem o dom de ensinar, que ensine; o dom de exortar, que exorte; aquele que distribui as esmolas, faça-o com simplicidade; aquele que preside, presida com zelo; aquele que exerce a misericórdia, que o faça com afabilidade”. (Romanos 12, 6-8)
  • “Mas a cada um de nós foi dada a graça, segundo a medida do dom de Cristo, pelo que diz: Quando subiu ao alto, levou muitos cativos, cumulou de dons os homens (Salmo 67,19) Ora, que quer dizer ele subiu, senão que antes havia descido a esta terra? Aquele que desceu é também o que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas. A uns ele constituiu apóstolos; a outros, profetas; a outros, evangelistas, pastores, doutores, para o aperfeiçoamento dos cristãos, para o desempenho da tarefa que visa à construção do corpo de Cristo”. (Efésios 4, 7-12)
  • “A um é dada pelo Espírito uma palavra de sabedoria; a outro, uma palavra de ciência, por esse mesmo Espírito; a outro, a fé, pelo mesmo Espírito; a outro, a graça de curar as doenças, no mesmo Espírito; a outro, o dom de milagres; a outro, a profecia; a outro, o discernimento dos espíritos; a outro, a variedade de línguas; a outro, por fim, a interpretação das línguas”. (I Coríntios 12, 8-10)

Os carismas estão para serem usados, somos de uma igreja que surgiu do Pentecostes, a igreja ficou por séculos sem usar os carismas em seu cotidiano. No entanto, o Espírito Santo sempre estive na igreja.

Os carismas são a manifestação de uma graça ‘sensível’ e ‘imerecida’

É importante entender que os carismas são para o bem comum, enquanto os dons são para o bem pessoal.

Precisamos nos abrir ao Espírito Santo e para que essa abertura se concretize também é preciso que nós nos esforcemos em abrir a nossa vida. Mas também nós, se olharmos bem o Evangelho de São Mateus 7, 7-8; somos chamados a pedir a ação do Espírito Santo em nossa vida: “Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede, recebe. Quem busca, acha. A quem bate, abrir-se-á”.

Se eu me abro ao Espírito Santo os dons se manifestam também em mim.

Mas, vamos nos perguntar: O que é um dom espiritual?

Podemos dizer que é a manifestação do poder e da presença de Deus, dada livremente para sua honra e glória no serviço do corpo de Cristo.

Não sei se vocês sabem, mas Deus quer nos dar os carismas além do que imaginamos. Todavia, muitos não recebem porque não estão disponíveis para Deus, O senhor precisa de pessoas disponíveis e que queiram se abrir ao espirito.

É igual quando vamos abrir uma porta, mas só deixamos uma brecha, uma fresta, ou abre tudo ou não abre, mas se não abre ao Espirito, também não venha reclamar de que não há a ação do senhor na sua vida.

Voltando a estar disponível é igual a pessoa que quer ser canal da ação do Espírito Santo, mas nunca se dispõem a orar por alguém, Deus não age em pessoas egoístas.

Dom Afonso Uribe já dizia: “os carismas aparecem e crescem com o exercício”

Quero confiar no Senhor, mas não me abro a Ele, não me entrego; não há manifestação do Senhor. Abrir-se ao Senhor requer um esforço gigantesco, requer decisão e certeza do que está fazendo: “Sei em quem pus minha confiança” (II Timóteo 1, 12c)