Em nosso encontro de oração analisamos os problemas que tem afetado o nosso dia a dia e que acarretam derrotas espirituais pelo simples fato de que a pessoa não possui uma vida de oração

Muitas pessoas confundem oração pessoal com outas devoções e/ou atividades do fiel católico como a reza do terço em grupo, ir à Santa Missa, ir à um grupo de oração ou pastoral.

Mas afinal, o que é uma vida de oração?

A oração pessoal se caracteriza pelo encontro pessoal e particular de uma pessoa com Deus. É o ato intimo entre a pessoa e Deus na busca por uma intimidade com seu criador. Quando a pessoa se dispõem a passar alguns minutos ou até mesmo hora com Ele.

Assim, quando o cristão se prontifica a entrar no seu quarto para orar como Jesus pediu:

“Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á.”  (Evangelho de São Mateus 6, 6), e se entrega ao senhor confiantemente está iniciando sua oração pessoal; o qual, resumimos da seguinte maneira:

  • Oração pessoal – é o momento íntimo e intransferível da pessoa com Deus.

Lembrando que o ato de decidir por orar em um bosque ou jardim, morro, capela, igreja e sala, é também aceitável e certamente valido, contanto que aja a intimidade da pessoa com o seu criador.

Lembre-se que Jesus foi ao Getsemani orar: “Retirou-se Jesus com eles para um lugar chamado Getsêmani e disse-lhes: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar”. (evangelho de São Mateus 26, 36)

Já quando falamos sobre a vida de oração podemos dizer que:

Uma Vida de oração é o conjunto de atividades e ações de zelo cristão que uma pessoa desenvolve durante o dia, podendo ou não ser feito enquanto realiza outra atividade como:

  • Ir à Santa Missa – Por ser o ápice da fé cristã é onde o cristão se encontra com Deus e com os irmãos. Não tem como participar da Santa Missa e realizar outra atividade e, muito menos participar sozinho.
  • Rezar o Santo Terço – Devocional cristão, e uma oração contemplativa, onde o fiel contempla por ele, o nascimento, o ministério a paixão e a ressurreição de Jesus juntamente com Maria. O ato de rezar o Terço, ainda que se possa fazer sozinho, não supre a sua oração pessoal. O terço pode ser rezado enquanto se desenvolve uma segunda atividade como lavar louça
  • Cantar músicas cristas – Dizia Santo agostinho: Quem canta reza duas vezes. Todavia as canções também podem ser proclamadas enquanto se faz outra atividade. E podem fazer parte do seu momento de oração pessoal, quando quer esteja você no seu quarto ou numa capela sozinho.
  • Participar de novenas – Com grupos ou festas de padroeiros, não se configura em oração pessoal, todavia pode ser acrescentada no momento de oração pessoal.

Pessoa orandoDessa forma, quando a oração é realizada por mais de uma pessoa deixa e ser pessoal e particular para se tornar comunitária e/ou grupal.

Sem a oração pessoal, pessoas em todo o mundo tem andado como carros na banguela sem combustível, que quando colocados a prova de subir uma determinada ladeira, não sobem e não conseguem enfrentar os obstáculos e/ou desistem da vida ou do momento até que por um milagre encontrem outra ladeira.

Ricardo Mari – Equipe Mais de Deus