jovem orando 1É sabido por muitos que, vivemos tempos difíceis, onde as pessoas e principalmente os mais jovens além dos problemas sociais e a competição cada vez maior no mercado de trabalho, têm enfrentado dificuldades espirituais de forma mais agressiva agora do que a última geração.

Os jovens que lutam por viver uma vida cristã de verdade, muitas vezes se encontram no centro de batalhas espirituais memoráveis. Existe uma guerra espiritual que não enxergamos a olho nu; todavia, essas batalhas travadas, apenas são vencidas quando o combatente decide enfrentar o mundo que vivemos.

Paulo sabendo da força da juventude escreveu: “Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes e a palavra de Deus permanece em vós, e vencestes o Maligno”. (Primeira Epistola de São João 2, 14)

Abaixo listamos 5 pontos fundamentais para enfrentar uma batalha espiritual:

  • Vida de oração,
  • Jejum,
  • Integridade espiritual,
  • Conformidade com a palavra e
  • Pratica da caridade.

Essas atitudes ajudam a fortalecer a vida do jovem tornando os mais fortes e mais firmes na caminhada. Isso não impede de sair, passear, curtir a juventude.

No entanto, quando os jovens, quer sejam lideres ou não, vivem um cristianismo “meia boca”, nada é fácil, chegam até mesmo a experimentar uma falsa paz, por não enfrentarem tantas batalhas, pois estão vivendo um cristianismo de brincadeira e quando vier a queda, essa tende a ser maior. Esse cristianismo levado as cochas se caracteriza por:

  • Não possuir uma vida de oração,
  • Viver uma espiritualidade de aparência,
  • Não jejuar,
  • Não viver em conformidade com a palavra de Deus,
  • Não praticar a caridade e
  • Viver uma vida profana, distante dos ensinamentos de Cristo.

Assim, para enfrentar o dilema dessa pós-modernidade, que está trocando os valores cristãos por novos valores, ou que simplesmente está moldando o evangelho para satisfazer as suas vontades; o jovem desta geração precisa urgentemente se conscientizar da necessidade de viver uma vida condizente como o evangelho que descrevemos acima e cuja a vida de oração pessoal e particular é o ponto fundamental dessa lista.

Equipe Mais de Deus

Leia também:

 

É possível ser jovem e fazer a diferença na atualidade?