Depois da matéria sobre “A Cesar o que é de Cesar”, vimos a necessidade de aprofundarmos no complemento dessa frase Dizimode Jesus, um tema que tem muito a acrescentar em nossas vidas.

Desde o princípio, Deus tem colocado coisas que são pertinentes a Ele e que muito o agrada; um desses assuntos é o Dizimo.

Desde o princípio, o senhor se agradava com as ofertas de seus filhos, principalmente as ofertas de coração, como a descrita em Genesis 4, 1-7; quando Abel dá ao Senhor as primícias de seu rebanho, e Caim, por interpretação do texto, dá à Deus a sobra de sua lavoura, o que desagrada a Deus.

Vemos aqui duas atitudes impares de cada um dos irmãos que merecem ser observadas por nós:

Caim – Deu o que sobrou de sua lavoura: A atitude do filho mais velho de Adão é o que em muitas vezes nós cristãos fazemos, pagamos todas as nossas contas, separamos o que vamos guardar, quando sobra; e ai vamos ver o quanto podemos dar de dizimo. Tal atitude egoísta é reprovada por Deus, não porque Ele depende de nosso dinheiro, mas por que Deus quer fazer de cada um nós, pessoas que saibam viver em comunidade e partilhar dos seus dons.

A própria bíblia em Provérbios 3, 9 diz: “Honre o Senhor com todos os seus recursos e com os primeiros frutos de todas as suas plantações”

Abel – Deu a primícia de seu rebanho: ofertou a Deus a primeira cria de seu rebanho, pegou o melhor e deu a Deus, numa atitude de desprendimento e gratidão por tudo o que havia conquistado. É essa atitude que agrada a Deus, reconhecermos que tudo o que adquirimos veio com a ajuda Dele; quando damos em primeiro lugar nossa contribuição e depois nos preocupamos com nossas contas e obrigações, além de colocar as coisas de Deus em primeiro lugar estamos dando um passo de confiança e fé.

Tal atitude é uma resposta clara a passagem bíblica de II Coríntios 9, 7 – “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria”.

Quando encaramos o dizimo como gratidão e não como obrigação, ele exerce um fator abençoador em nossas vidas, prova disso são essas duas passagens bíblicas que separamos e onde Deus promete abençoar as pessoas que contribuem:

“Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova”, diz o Senhor dos Exércitos, “e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las”. Malaquias 3, 10

Ou ainda: “Deem e será dado a vocês: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois a medida que usarem também será usada para medir vocês”. Lucas 6, 38.

Façamos a experiência, “os que confiam no Senhor são como o monte Sião, eternamente firmes” (Salmos 125, 1).

Leia também:

A Cesar o que é de Cesar: Você sabe interpretar isso?

Ricardo Mari – Equipe Mais de Deus