Arautos do evangelho – Depoimentos em redes sociais rebatem as críticas impetradas contra a instituição.

Neste dia 21 de outubro um padre ligado aos Arautos do Evangelho, declarou em sua homilia que a Instituição tradicionalista católica não é o que acusam ou que pregam contra ela e que sofre uma grande perseguição de meios de comunicação.

Terminou sua homilia dizendo: “Diga me com quem andas e eu te direi quem sois, poderíamos trocar um pouco este provérbio poderíamos dizer: diga me quem me ataca e eu te direi quem sou.

Quem me ataca?

Quem odeia a igreja?

Quem odeia a família?

Obrigado por me atacar, porque está me dizendo quem eu sou. Está me dizendo que eu estou no caminho certo, que estou vivendo segundo a verdade, buscando a gloria de Deus e de Maria Santíssima nesta Terra. Por fim o meu imaculado coração triunfara, prometeu nossa senhora em Fátima, este triunfo se dará independente de qualquer ação dos infernos, pois Deus e nossa senhora podem muito mais. Obrigado pela paciência, nossa senhora vos proteja e nos proteja.”

Também se manifestou em vídeo gravado o pai da irmã Lívia, garota morta após uma queda acidental, neste vídeo o pai, senhor Pedro Uchida, fala sob os arautos do evangelho e diz que a filha estava feliz. Aborda ainda, o relacionamento entre a família, enquanto a jovem estava viva.

Mas não é todo mundo que fala mal dos Arautos, o jovem Thiago Dias, gravou um testemunho em defesa da instituição por livre vontade depois de 16 anos vivido dentro da sede de Montes Claros, valorizando a boa conduta dos arautos, vejamos os vídeos:

No domingo foi levado a público, em rede nacional um laudo produzido pelo Ministério público que apontam algumas supostas irregularidades cometidas pela instituição, como:

  • Adolescentes não podem ter telefone celular,
  • Viola-se o direito a privacidade dos adolescentes,
  • Os quartos não possuem fotos de parentes, o que configura segundo os peritos, uma estratégia para afastar os internos a vida exterior,
  • As escolas não teriam livros didáticos e nem referente a história do Brasil,
  • Nem tão pouco livros da literatura nacional,
  • E por fim, foi levado à público que a instituição não respeita o estatuto da Criança e dos Adolescentes.

Todas essas acusações são refutadas pela organização da Associação dos Arautos do Evangelho.

No vídeo abaixo, gravado pelos Arautos do evangelho, está a integra da entrevista de 46 minutos, em que somente uma parte fora usada pela emissora de TV que veiculou uma matéria sobre a instituição em sua programação:

Temos ainda um vídeo de Tais Ferreira que defende e relata de maneira sincera o convívio com Monsenhor João Clá Dias e a vivencia em uma casa de formação feminina.

Equipe Mais de Deus