Na última quinta-feira, 25/06, a FIFA escolheu anunciou a escolha da Austrália e Nova Zelândia como sede conjunta da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2023. Na disputa para sediar a copa estavam:

  • Austrália e Nova Zelândia
  • Brasil,
  • Colômbia e
  • Japão

Com a desistência do Brasil que passou a apoiar a Colômbia, e no dia 23/06, com a desistência do Japão a disputa ficou entre América do Sul e Oceania.

Por conta de ter uma avaliação melhor que a colombiana a candidatura austral-zeolandeza passou a ser a grande favorita no pleito que veio a se concretizar no dia 25/06, quando obteve 22 votos, contra 13 da Colombia, anunciou a Fifa.

Abaixo veja o vídeo dos estádios da candidatura conjunta Austrália –Nova Zelândia

Equipe Mais de Deus