Venezuela-5

Na ponte é possível ver contêineres barrando a passagem de pessoas

A Venezuela vive dias de embates ideológicos entre Nicolas Maduro e o presidente auto intitulado Juan Guaidó. O pais falido vive dias de estrema ebulição política onde a “Crise na Venezuela se arrasta, pais possui 2 presidentes e inúmeros problemas. ”

Agora, em mais um capítulo desta crise, o presidente Guaidó clamou por ajuda humanitária dos países fronteiriços na tentativa de aplacar as dificuldades do povo que passa grade carestia. Já Maduro, com medo do que uma abertura pudesse representar e a não concordância em reconhecer que a Venezuela vive uma crise institucional e humanitária, negou a entrada dos caminhões e ordenou o fechamento das fronteiras com a Colômbia.

O presidente Nicolas Maduro ordenou nos últimos dias que grandes contêineres vazios fossem instalados em rodovias limítrofes, afim de que nenhuma ajuda proveniente de países não mais amigos entrassem em território venezuelano.

Enquanto isso, até os estoques do governo começa a baixar e a falta de produtos se torna ainda mais nítida do que antes. Somado a isso, a falta de meios para gerar alimentos coloca a Venezuela numa situação tão grave que é possível imaginar que a queda de maduro é questão de dias.

Esperamos por um desfecho bom e saudável para o povo venezuelano. Oremos pela Venezuela.

Equipe Mais de Deus

Leia também: