Sim-e-não-215 Conselhos Bíblicos que farão a diferença em sua vida (Série)

“Dizei somente: ‘Sim’, se é sim; ‘não‘ se é não”. (Evangelho de S. Mateus 5, 37)

No nosso dia a dia, precisamos nos esforçar para que nossas palavras sejam de valor e que venham a ter credibilidade.

Uma pessoa que dá o seu sim, na família, num negócio, ou em uma promessa dirigida a uma pessoa, ou ainda no emprego para um funcionário ou um subalterno e que na hora de cumprir com o prometido não o faz, se torna uma pessoa sem credito. Onde as pessoas não conseguem confiar.

Logico que as vezes, somos surpreendidos por fatores externos que impossibilitam mesmo a confirmação do prometido. Mas quando isso se torna corriqueiro e o nosso sim é duvidoso e o nosso não é inconstante e sem valor, estamos muito propensos a criarmos oportunidades embaraçosas, constrangedoras e desagradáveis.

Que não trazem problemas apenas a nós, mas também a outras pessoas.

É por isso, que Jesus nos exorta para que o nosso SIM tenha valor de Sim e o NÃO tenha valor de NÃO.

Se prometeu cumpra.

Se não pode cumprir não o faça.

E se não tem condições esclareça o motivo e apresente a situação.

Se agir assim, as pessoas verão credibilidade em suas palavras e confiarão na sua pessoa. Lembremos da parábola que Jesus contou sobre “um homem tinha dois filhos. Dirigindo-se ao primeiro, disse-lhe: Meu filho, vai trabalhar hoje na vinha. Respondeu ele: Não quero. Mas, em seguida, tocado de arrependimento, foi. Dirigindo-se depois ao outro, disse-lhe a mesma coisa. O filho respondeu: – Sim, pai! Mas não foi”.  (Mateus 21, 28b – 30)

É muito legal surpreender uma pessoa como fez o primeiro filho, isso é bonito e mostra que há uma consideração; no entanto, é muito mais bonito ainda, cumprir com o acordado.

Que seu sim, seja sim e que seu não, seja não!

Equipe Mais de Deus 

Leia também: