man-75218_64015 Conselhos Bíblicos que farão a diferença em sua vida (Série)

A inveja é tão demoníaca que é capaz paralisar a pessoa que a sente de tal forma que o invejoso fica olhando para o sucesso do outro enquanto ele se perde e não progride. Do mesmo modo que uma carie causa uma terrível dor de dente sendo capaz de derrubar uma pessoa a bíblia considera a inveja como “a cárie dos ossos”. (Provérbios 14, 30) e ainda, chega a dizer que “a inveja e a ira abreviam os dias, e a inquietação acarreta a velhice antes do tempo”. (Eclesiástico 30, 26)

Bem sabemos, que é possível sentirmos inveja das pessoas mesmo estando caminhando na igreja, somos passiveis de inveja em diversos níveis, e com diferentes momentos de duração.

A inveja é um dardo demoníaco que pode nos atacar nos mais diversos momentos da vida. Podemos comparar a inveja com diferentes intensidades e reações, mas que por ter sido vacinada o risco de morte é quase nulo. Tirando as diferenças sintomáticas, a inveja é muito semelhante, tendo vários estágios e intensidades a diferença é que uma pessoa vacinada pela oração tem mais facilidade de enfrentar um ataque de inveja.

A sabedoria popular diz que nem nossos planos devemos contar a muitas pessoas justamente pela inveja e a mesma é embasada no livro de Eclesiástico 37, 7 que diz: “Não te aconselhes com aquele que te arma um laço. Esconde tuas intenções àqueles que te têm inveja”. Existem premissas populares que dizem que algumas pessoas são tão invejosas que são capazes de destruir flores e animais pelo simples olhar.

É possível conhecer uma pessoa invejosa:

  • Tudo o que ela tem é melhor em relação a você ou outro
  • Não se alegra com sinceridade do sucesso alheio
  • Aproveita oportunidades para ofender a pessoa que inveja
  • É mau humorada
  • É negativa quanto as suas conquistas
  • Não se alegra com o sucesso de outra pessoa
  • Quer ter o que o outro conquistou
  • Quer aparecer para mostrar suas conquistas em detrimento aos outros

Importante:

Mas, nem sempre essas características estão nos outros, as vezes podem ser notadas em nós mesmos. Daí precisamos tomar providencias:

  • Louvar a Deus – O louvor é um santo remédio contra a inveja se acaso nós formos acometidos por esse vírus. Sim louvar a Deus pela conquista da pessoa que não nos alegramos destrói todo dardo demoníaco de inveja.

Mas se percebemos em alguém algumas características de inveja temos que agir com a sabedoria bíblica:

  • Não contar nossos projetos – Eclesiástico 37, 7
  • Agir com caridade para com a pessoa – I Coríntios 13, 4
  • Não ficar mostrando aquisições e agir com naturalidade
  • Não falar mal de outras pessoas para a invejosa (o) pois isso alimenta a inveja
  • E acima de tudo é imprescindível muita oração

Mas, se diante de tudo isso, lidar com a pessoa invejosa não estiver dando os resultados esperados acaba por ser prudente o que a bíblia diz:

  • Não se aconselhar com quem arma laços (Eclesiástico 37, 7) e se afastar.
  • Não imitar aquele que a inveja consome (Sabedoria 6, 23)

Então, andemos na luz e lembremos que “a nova que dele temos ouvido e vos anunciamos é esta: Deus é luz e nele não há treva alguma”. (I João 1, 5) “Se, porém, andamos na luz como ele mesmo está na luz, temos comunhão recíproca uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado”. (I João 1, 7)

Ricardo Mari e Equipe Mais de Deus

Fotos: pixabay

Leia também: