SuicidioVisando contribuir socialmente com a triste realidade do Suicídio no Brasil, que conta com números cada vez mais alarmantes, o RS21 Play, plataforma de vídeos ondemand da Rede Século 21 está produzindo um documentário sobre o tema, como forma de prevenção.

A proposta do documentário tem por objetivo principal, levar informação e desfazer o tabu relacionado ao tema suicídio, proporcionando aos telespectadores melhor compreensão do assunto por meio de entrevistas com profissionais da saúde, especialistas e opiniões que possam contribuir para que mais vidas sejam salvas, conforme afirma a psicóloga Fernanda Rezende, entrevistada do documentário: “a dor compartilhada é possível ser vivenciada” e ainda,  “a prevenção vem do falar”.

Mas, se eu falar de suicídio, a pessoa vai se suicidar? Acredite: falar é a melhor prevenção. Você não induz uma pessoa ao suicídio só pelo fato de falar sobre o assunto. Graças a esse tipo de tabu, muitas pessoas não têm acesso a informações que poderiam salvar suas vidas. É possível prevenir o suicídio falando do assunto de forma adequada:

O câncer, a AIDS e demais doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) há duas ou três décadas eram rodeadas de tabus e viam o número de suas vítimas aumentando a olhos nus. Foi necessário o esforço coletivo, liderado por pessoas corajosas e organizações engajadas, para quebrar esses tabus, falando sobre o assunto, esclarecendo, conscientizando e estimulando a prevenção para reverter esse cenário.

Um problema de saúde pública que vive atualmente a situação do tabu e do aumento de suas vítimas é o suicídio. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior à taxa das vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas. A esperança é o fato de que, segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. É necessário que a pessoa busque ajuda e atenção de quem está à sua volta. (Fonte: CVV)

Fragmentos do documentário

Pensando na prevenção ao suicídio como uma situação que busca salvar vidas, foi criada a série “Fragmentos” do documentário “Suicídio: Assunto Urgente”. Enquanto o documentário ainda se encontra em produção, os “Fragmentos” compreendem partes das entrevistas preparadas para serem divulgadas em inúmeros grupos de apoio espalhados pela internet, onde o assunto é tratado de forma intensa e milhares de pessoas buscam falar sobre suas aflições. Fato confirmado por Carlos Correa, voluntário do CVV (Centro de Valorização da Vida ), entrevistado no documentário: “Falar é a melhor solução”. É de extrema importância que cada indivíduo tenha a sua “rede de apoio”, pessoas que possam conversar. Quando essa rede de apoio falta ou a pessoa não se sente à vontade para conversar sobre seus problemas com alguém mais próximo, uma boa opção é ligar para o CVV. É só ligar 188, o nome e a conversa de quem liga são mantidos em sigilo. O serviço funciona em todo território nacional.

Conheça esses fragmentos na playlist do Rede Século 21 no Youtube:

http://bit.ly/FragmentosSuicidio

 

Má Âmbar

Diretor do Documentário Suicídio – Assunto Urgente

Veja também: