AviciiFamoso, conhecido, respeitado e admirado, Tim Bergling de 28 anos, faleceu no último dia 20 de abril, em Mascate, capital de Omã, um pais árabe do oriente médio. Pelo que se sabe o DJ, buscava algo incessante, chegando até mesmo a vir na Amazônia brasileira em busca de uma experiência mais mística com tribos indígenas. Tudo traduzido em musicas como: “Hey Brother”, “Wake me Up” e “Sunset Jesus”

A cerca de 2 anos o DJ alegando motivos de saúde retirou-se da sua vida artística, expondo que iria cuidar da sua saúde. Avicci estava tratando uma pancreatite admitida que se originou motivada pelo excesso de álcool.

Seu clipe Wake me Up já foi visualizado por mais de 1 bilhão de vezes, uma canção que fala sobre alguém que busca respostas, que se sente sonhando e que pede para ser avisado quando tudo acabar. Com trechos que dizem:

“Se eu não abrir meus olhos,

Bem, tudo bem para mim” .

“todo esse tempo, eu estava procurando por mim mesmo

e eu não sabia que estava perdido”.

Duas autopsias foram feitas no DJ e descartou-se a possibilidade de crime, o que abre espaço para uma crise existencial vivida pelo musico, que clamava por esperança na música “Sunset Jesus”

“Então me dê esperança, me dê esperança

Me dê esperança neste passeio solitário

Meus sonhos são feitos de ouro

Meu coração está quebrado

E eu estou descendo ao longo da estrada

Mas eu sei

Meus sonhos continuam desaparecendo até eu envelhecer”

Músicas que demonstram um vazio muito grande, um simples retrato de muitos jovens que vivem assim mundo afora, jovens que não conseguem preencher o vazio existencial de suas almas. E não encontram pelo simples fato de estarem longe de Jesus ou por que não tiveram a oportunidade de serem a Ele apresentadas.

A grande verdade é que Deus é amor e quando não estamos ligados a ele como o ramo ligado a videira: “Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (Evangelho de São João 15, 5); longe de Cristo vivemos sem a seiva da vida, o amor de Deus. Vivemos vazios profundos e acabamos por viver na busca de encontrar paliativos para tentar preencher nosso interior como: drogas, bebidas, sexo, entre outras coisas na vã tentativa de preencher nossas carências.

Assista o clipe wake me up (acorde me)

Infelizmente Tim (eu nome verdadeiro) não será o primeiro e nem tão pouco o último, triste realidade de um mundo que cada vez mais vai se distanciando de Jesus e perdendo a sua fé.

Que sejamos nós luzeiros em meio as trevas!

Ricardo Mari – Equipe mais de Deus