Homilia de Dom Frei José Luiz Azcona Hermoso, OAR, bispo emérito da Prelazia do Marajó, PA, na Santa Missa de 16 de outubro de 2019, na Basílica de Nazaré, em Belém, PA

Com uma homilia ardorosa e cheia de vigor, Dom Azcona, fez uma grande exortação, afirmando que não há missão sem pentecostes. Sendo inútil pensar em missão na Amazônia ou em um grupo de oração se não houver pentecostes.

Não tem missão sem pentecostes e não tem pentecostes sem missão.

Afirmou ainda que, o Sínodo da Amazônia está fadado a falência se não houver espaço para o pentecostes.

Falou sobre a importância de conhecer as escrituras e que a missão requer que se pregue o arrependimento e que se pregue o evangelho a todo instante e, que se pregue em nome de Jesus. Este é o testemunho verdadeiro dos cristãos.

Sem isso a Igreja não é verdadeira e o Sínodo não é verdadeiro.

Qualquer grupo e qualquer igreja que não seja fiel a este testemunho, baseado na descida do espirito Santo, no arrependimento e na pregação do evangelho é uma congregação de satanás.

Precisamos da alegria de comunicar a alegria da salvação

Criticou ainda os eventos que antecederam o Sínodo Pan Amazônico, realizados na Catedral da Sé e nos jardins do Vaticano, dizendo ainda que quem fez isso abandonou a Yahweh, sendo motivo de escândalos para os humildes que não sabem distinguir os atos certos.

Deixando claro que a mãe terra (Pachama), não deve ser cultuado e muito menos adorada. Disse ainda que: “A padroeira da Amazônia é Maria de Nazaré e ponto!”

Assista está maravilhosa pregação de Dom Frei José Luiz Azcona Hermoso, OAR

Equipe Mais de Deus