Nos últimos anos as pessoas têm vivido tempos corridos, a informação que caminha em velocidade alucinante, vem intensificando ainda mais a sensação de que o tempo está acelerado. E de fato, está!

O tsunami e sua força: A devastação causada pelo tsunami que atingiu o litoral nordeste do Japão em 2011, foi comparado ao impacto de 27 mil bombas atômicas e foi capaz inclusive de deslocar o eixo da terra.

Assim, em tempos acelerados cada vez mais as pessoas tem trabalhado, trabalhado e trabalhado; na insana e alucinada vida de conquistas e conquistas. Mas, aonde isso vai nos levar?

A nada, ou melhor à fadiga e perda do momento vigente.

Assim, viver a vida e nadar contra a maré vigente que impulsiona o homem a conquistar e conquistar pode ser a solução mais importante para que cada um possamos aproveitar a vida.

AmigosSendo assim:

Confraternize-se – Viva a vida, permita se a conhecer melhor as pessoas ao seu redor, esteja junto, reúna amigos, reúna familiares abrace e beije os seus queridos, “vivei sempre contentes”, diz a carta de São Paulo aos Tessalonicenses. Então Sorria e não seja rabugento; é melhor morrer com pés de galinha do que de infarto.

Perdoe – Não perca tempo com discussões. Não brigue com as pessoas. Não guarde rancores, aproveite os momentos para abençoar e não amaldiçoe. Você não sabe se terá uma outra oportunidade.

Seja gentil – O mundo precisa de pessoas gentis e educadas, capazes de sorrir com os lábios e com os olhos, pessoas que deem bom dia, assim uma saudação não faz mal a ninguém e pode tornar a vida salvar a vida de uma pessoa, entao não perca tempo, “seja gentil e cortês”

Se ame – Valorize você mesmo e não se prenda na busca pelo corpo perfeito, coma, beba (faça tudo com moderação existem inúmeras pessoas famintas por um pedaço de pão que não podem ingerir quer seja por carestia ou doença)

Use as coisas que conquistaste – Coloque as taças e os melhores talheres para usar, pegue seu tênis e use, não economize o seu perfume predileto,

casalAcolha – Seja acolhedor, receba os amigos, receba principalmente seus parentes, não importa se erraram, a família é o nosso grande tesouro. Você pode compreender melhor esse tema lendo nossa matéria “Seja acolhedor e hospitaleiro”afinal de contas, umas das característica mais bonita que temos é sermos “cristãos e acolhedores”.

Viva a sua família – Não deixe de sair com os seus, agende passeios com os de casa, afinal de contas, os pais envelhecem e os filhos crescem, viaje, passei, curta o seu esposo e a sua esposa, aproveite os momentos para gerar história as recordações são algo maravilhoso.

ajuda aos pobresFaça o bem – Ajude pessoas desconhecidas, estenda a mão e não olhe a quem, permita-se desfrutar da alegria de ter feito algo maravilhoso e único na vida de alguém que realmente precisava de uma mão amiga. A sensação de ter feito o que era certo e exultante e reconfortante.

São atitudes assim que nos permitem vislumbrar na vida o que Jesus nos convoca a viver no Evangelho de São Mateus 6, 19-21: “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”. Ao agir, melhor e com atitudes de amor para com o próximo além de nos aproximarmos das pessoas vivemos a semelhança (no agir) e a imagem (do modo de agir) de Deus.

Pense nisso é hora de ser diferente e viver realmente a vida!

Leia também:

Ricardo Mari – Equipe Mais de Deus