ataque-EUANa última quinta-feira, os Estados Unidos, dispararam mais de 50 misseis contra a base síria de Al Shayrat, perto da cidade de Homs. O ataque americano é uma represália ao ataque sírio efetuado contra uma vila no norte da Síria com de armas químicas.

Segundo fontes do governo americano é desta base síria que partiu os aviões que efetuaram o ataque com armas químicas os rebeldes sírios.

Com misseis, que voam baixo, e que podem transportar até 450kg de explosivos, e foi lançado contra a base síria; no entanto, ataque foi avisado para que não atingissem nenhum alvo russo.

Por que a Rússia foi avisada?

A Rússia é uma potência nuclear e tem fortes laços políticos e principalmente comercial com o governo sírio, e caso acertasse algum alvo russo, poderia então iniciar um conflito com a Rússia. 

Diante disso, a Rússia está deslocando para o mediterrâneo um navio (uma fragata) com forte característica bélica com a finalidade de equilibrar as forças do local.

O ataque é na verdade um aviso ao mundo, com endereço à Síria e a Coreia do Norte para dizer: “Nós estamos de olho e podemos fazer muito mais que isso”!

Os vídeos abaixo mostram crianças sendo resgatadas e socorridas após ataque com armas químicas, supostamente atribuídas ao governo Sírio e que motivaram o ataque americano – são imagens fortes. As armas químicas são proibidas e os efeitos causam sofrimento incomparável, pois os gases liberados tem por função queimar as vias respiratórias.

Vídeo 01:

Vídeo 02: Crianças e jovens

O pior de tudo, é vermos homens combatendo uns aos outros, por batalhas onde inocentes são os que mais sofrem. Ainda que não seja, em uma instancia de guerra todas as vezes que combatemos uma pessoa ferimos o coração de Deus. E isso não é cristianismo. E ainda que, não se importasse com o cristianismo, ao menos que se importasse pela vida do outro, pelo lado humano. Certamente o mundo seria muito melhor.

Fontes: youtube