Decididamente a pandemia de coronavirus está colocando os homens numa situação de enfrentamento, onde é fundamental encontrarmos forças e coerência para lidarmos com essa nova realidade de mundo.

Certamente “o nosso mundo não será mais o mesmo”, e todos teremos que nos reinventar, afim de que, cada um de nós possamos ser “Cristãos de fatos e não de aparências”. Assim, para vivermos esse tempo de pandemia e continuarmos a ter uma esperança pós-pandêmica é fundamental que “Andamos na fé e não na visão.” (II Coríntios 5, 7)

Busquemos assim, a força em Deus para enfrentarmos todas as dificuldades, sem medo, sem temor, mas com intrepidez e com muita cautela e cuidado social que os dias atuais exigem de cada um de nós com vistas a nossa própria proteção e daqueles que mais amamos.

Não podemos nos esquecer que é Deus quem “dá forças ao homem acabrunhado, redobra o vigor do fraco” (Isaias 40,29) e, que, “aqueles que contam com o Senhor renovam suas forças; ele dá-lhes asas de águia. Correm sem se cansar, vão para a frente sem se fatigar.” (Isaias 40, 31).

Oremos, lutemos e “ainda que exteriormente se desconjunte nosso homem exterior, nosso interior renova-se de dia para dia. A nossa presente tribulação, momentânea e ligeira, nos proporciona um peso eterno de glória incomensurável. Porque não miramos as coisas que se veem, mas sim as que não se veem. Pois as coisas que se veem são temporais e as que não se veem são eternas”. (II Coríntios 4, 16-18)

Continuemos firmes e “no demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder”. (Efésios 6, 10)

Equipe Mais de Deus

Leia também:

Entendendo melhor o que está acontecendo no mundo