aRGENTINADesde a redemocratização da Argentina em 1983, foram várias as tentativas de legalização do aborto no pais sul-americano, sendo todos rejeitados pelo congresso. A votação rejeitada pelo Senado Argentino, na madrugada desta quinta-feira (09/08), foi a primeira a ser votada pelo Congresso daquele pais.

As organizações feministas e abortistas, vem ao longo dos anos tentando influenciar cada vez mais pessoas no pais portenho, principalmente depois que o vizinho Uruguai legalizou o aborto em 2012.

Assim, ao longo dos anos inúmeros enfrentamentos tem acontecido entre movimentos abortistas e provida na República Argentina, em destaque os embates contra a Igreja Católica.

No ano de 2013 um evento marcou essa luta quando jovens católicos cercaram a Catedral de San Juan para defendê-la de ataques durante uma manifestação favorável ao aborto.

O fato aconteceu em 24 de novembro de 2013, e na oportunidade, os católicos foram humilhados com palavras de ódio e xingamentos contra eles, contra a igreja e contra Deus.

Veja o vídeo abaixo para ver como foi a luta:

O vídeo mostrado mostra a força de uma luta em prol da vida, sem enfrentamentos. Onde grupo de católicos não reagiu aos ataques e manteve firme a fé.

 

Equipe Mais de Deus