Pessoas tem sua temperatura medida constantemente na China

Parece que a epidemia de coronavirus (2019-nCOV) na China está longe de um fim e nesta quarta-feira, 12/02/2020, chegou ao impressionante número de 60.386 casos confirmados em todo o mundo com 1.370 mortes.

O número de países com infectados é de 24, não havendo sido encontrado casos na África e na América Latina, e o Japão é o pais com o maior número de infectados depois da China.

Também se especula que os números de pessoas em observação beiram as 200 mil em todo o mundo, com a grande maioria, mais de 95% dos registros, na China continental, o que causa grande preocupação e um certo pânico entre as pessoas, já que não se sabe a real situação dos contaminados chineses e aonde o vírus pode estar.

Ainda não existe uma cura e o que vem sendo feito é o tratamento à base de isolamento e o combate aos sintomas nesta que já está se tornando a maior epidemia. Para se ter uma ideia, ontem, 12/02, 242 novos casos foram confirmados o que é segundo sites de registros a maior detecção de infectados em um único dia.

Independente se o Coronavírus possa ter origem animal ou ainda, manipulada em laboratórios e solta por acidente ou proposital, não devemos ficar alvoraçados e em pânicos quando refletimos sobre “O que disse Jesus sobre a sua volta”, encontramos respostas para os acontecimentos de nossa época visto que, “haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu.” (Evangelho de São Lucas 21, 9-11) 

Nada além do que já estava predito. Oremos e não vacilemos!

Equipe Mais de Deus

Leia também: