Jovens-felizes-1A quaresma é um tempo de reflexão, um período introspectivo da fé, mas não é um tempo de morte. As pessoas continuam nascendo, casando, comemorando e vivendo. Assim tem muitas pessoas que nasceram em dias que são quaresmais, e isso não significa sinônimo de infelicidade. Será que por isso essas pessoas não poderão comemorar seus aniversários?

Errado!

A vida continua! No entanto, os cristãos devem se atentar que nesse período se busca a paz interior e meditação da vida por conta de uma preparação para celebrar a pascoa, o que é para todos nascidos e não nascidos no período.

Estamos falando de conversão e se converter não é tristeza, mas é viver uma alegria diferente daquela que é decorrente da bebida ou da imoralidade.

Estamos falando de que esse tempo é propicio para:

  • Se prontificar mais a ajudar as pessoas,
  • Se colocar à disposição das pessoas e
  • Se propor a fazer algo bom pelos amigos.

Jovens-felizes-2Essas pessoas podem ser alguém do trabalho, um vizinho, alguém passa na rua e você nunca conversa. O livro de Provérbios fala em 14, 21 que: “O que despreza ao seu vizinho peca, mas o que se compadece dos pobres é feliz”. Uma tremenda chamada de atenção para nós que muitas vezes nos esquecemos das pessoas e nos lembra que “Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão”. Provérbios 17, 17

Assim, na quaresma é tempo se fazer muita caridade, ou melhor, de se acostumar a fazer caridade, por que não existe época de caridade, existe oportunidades que podem ser percebidas ou criadas em qualquer tempo do ano, como:

  • Promover uma festa de aniversário para uma criança pobre,
  • Retirar roupas em bom estado e doar aos pobres,
  • Comprar cesta básica e doar, entre outras coisas.

Pois, sobre isso Jesus disse no Evangelho de São Lucas 14, 12-14: Então Jesus disse ao que o tinha convidado: “Quando você der um banquete ou jantar, não convide seus amigos, irmãos ou parentes, nem seus vizinhos ricos; se o fizer, eles poderão também, por sua vez, convidá-lo, e assim você será recompensado.

Mas, quando der um banquete, convide os pobres, os aleijados, os mancos, e os cegos.
Feliz será você, porque estes não têm como retribuir. A sua recompensa virá na ressurreição dos justos”.  

Equipe Mais de Deus

Leia também: