O tribunal de justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), determinou através do desembargador Benedicto Abiscair, da sexta câmara civil que a Netflix retire urgentemente de seu canal de streaming o vídeo intitulado “A primeira tentação de cristo”

A decisão liminar atende ao pedido da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura e tem a finalidade de acalmar os ânimos do estado de tensão gerado, desde que, o Netflix exibiu e filme de natal do Porta dos Fundos

Lembrando que o descumprimento da decisão pode gerar uma multa de 150 mil por cada dia de exibição, desde que a houve a determinação da justiça.

Disse assim o juiz:

Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se a cautela, para acalmar ânimos, pelo que CONCEDO A LIMINAR na forma requerida.

Equipe Mais de Deus

Leia também: