Este milagre aconteceu no dia 16 de fevereiro de 1247 na cidade portuguesa de Santarém, localizada a 65 km ao norte de  Lisboa.

019---Santarem---relicario-da-hóstia-milagrosaRelicário da hóstia milagrosa

Conta-se o relato que o milagre português na casa de uma dona de casa, a qual sofrendo com a infidelidade do marido, decidiu consultar uma bruxa judia que morava perto da igreja da Graça. Na ocasião a senhora Euvira, recebeu da bruxa a promessa da solução do problema, mas para isso precisava pegar uma hóstia consagrada para que o feitiço fosse realizado.

Assim, na tentativa de consumar o seu plano, a mulher fingiu-se de doente e enganou o padre da igreja de Santo Estevão, que lhe deu a sagrada Comunhão num dia de semana. Ao receber a hóstia, a mulher escondeu-a nas dobras do seu véu e o que parecia ser o plano perfeito deu errado.

No mesmo instante a hóstia começou a sangrar; assustada, a mulher correu para casa na Rua das Esteiras, perto da Igreja e escondeu o véu e a Hóstia numa arca de cedro onde guardava os linhos lavados.

019---Santarem---igreja-de-sto-Estevao

Igreja de Santo Estevão

À noite o casal foi acordado com uma visão espetacular de Anjos em adoração à sagrada Hóstia que sangrava. O casal, arrependido e convertido, no dia seguinte chamaram o pároco e, acompanhados de inúmeros clérigos e leigos levaram a Hóstia de volta para a Igreja de Santo Estevão, onde continuou a sangrar durante três dias. Enfim, a Hóstia foi colocada em um relicário feito de ceras de abelhas derretida, e colocada num cálice até o ano de 1340, quando se afirma ter havido um outro milagre – foi descoberto que ficou encerrada numa ambula de cristal. As manchas cristalizadas de Sangue, solidificaram na cera e constituíram as Relíquias do Preciosíssimo Sangue, como se pode ver ainda hoje, conservando-se.

Várias investigações eclesiásticas foram feitas durante 750 anos. As realizadas em 1340 e 1612 provaram a sua autenticidade. Em 5 de abril de 1997, por decreto de Dom Antônio Francisco Marques, Bispo de Santarém, a Igreja de Santo Estevão, onde está a relíquia, foi elevada a Santuário Eucarístico do Santíssimo Sangue.

Desde que ocorreu o milagre, todos os anos, no segundo domingo de abril, a relíquia sai em procissão da antiga casa do casal até a igreja de Santo Estevão. A casa em questão foi transformada em capela no ano de 1684.

Equipe Mais de Deus

Referencias:

  • Livros: “O milagre e os Milagres Eucarísticos” e o “O segredo da Sagrada Eucaristia”
  • Sites: The real presence

Veja também: