Dom-ciprianoNo último dia 22 de julho, faleceu no Rio de Janeiro, aos 95 anos, o fundador da Comunidade Emanuel brasileira, Dom Cipriano Chagas. Seu óbito consta causas naturais como consequência da sua morte.

Batizado como Wagner Cintra, Chagas, nasceu em 13 de fevereiro de 1923, na cidade de Passos (MG). Ordenado sacerdote em 1965, escolheu o nome de Cipriano; no entanto, até chegar a sua ordenação o beneditino passou por alguns contratempos, como a perda da esposa e do filho. Com o falecimento de seus familiares, foi levado por um casal de amigos ao mosteiro de São Bento (RJ), onde participando de um retiro de carnaval teve o início de uma transformação que Deus faria em sua vida.

Conheceu o movimento carismático, em Paris, na Comunidade Emanuel francesa, a qual baseou-se para que a mesma fosse fundada também no Brasil. Assim, como outros missionários da época, Cipriano também percorreu o Brasil, falando da experiência maravilhosa do Espirito Santo.

Sua cronologia carismática se baseia assim:

  • 1965: ordenação sacerdotal,
  • 1977: funda a Comunidade Emanuel, no Rio de Janeiro,
  • 1978: lança a Revista “Jesus vive e é o Senhor”.
  • 1980: funda a editora “Louva à Deus”.
  • 2005: comemoração dos 50 anos de sacerdócio.

Seus mais de 50 livros lançados, e suas outas 6 mil palestras ministradas em áudio, são um convite a se aprofundar no mundo carismático em nosso pais. Entre os livros de Dom Cipriano, encontramos destaque para a área de intercessão, onde se destacou como a uma das ou senão, á pessoa mais preparada sobre o universo da intercessão carismática.

Assim, sobre Dom Cipriano podemos dizer que era um dos homens mais bem informado e preparado sobre o mundo intercessão em nosso pais.

Sua ausência é uma perda para nos carismáticos, mas um ganho para o céu, de onde Cipriano e todos nós somos cidadãos.

 

Equipe Mais de Deus