Stephen-Hawking

Stephen Hawking (1942-2018)

Aos 76 anos, morreu nesta quarta-feira (14/03) na cidade de Cambridge (Inglaterra), um dos mais conceituados cientistas do nosso tempo, Stephen Hawking.

Portador de Ela (Esclerose Lateral Amiotrófica), ele faleceu em consequências de complicações da doença descoberta quando tinha 21 anos, doença esta, que o delegou a uma cadeira de rodas com o qual ficou conhecido.

Cultuado por pseudos ateus, Hawking, era notório por suas afirmações descrentes, e em uma determinada vez disse: “há uma diferença fundamental entre a religião, que se baseia na autoridade, e a ciência, que se baseia na observação e na razão. A ciência vai ganhar porque ela funciona”.

Para alguns era ‘cult’ ler as obras do cientista, que se descrevia ‘ateu’, mas que em alguns livros chegou até mesmo a usar a palavra Deus, pois em uma oportunidade disse que não era religioso no sentido comum do ser religioso.

No entanto, admitiu que “tanto quanto o universo teve um princípio, nós poderíamos supor que tenha um criador” (Uma breve história do tempo, livro); ponto este que, abre parentes na autoafirmação teísta do físico ao demonstra que acima de tudo as pessoas, ainda que não aceitem da forma que esperam, acreditam em algo superior.

Entretanto, polemizou em seu último livro ao dizer que “Deus não tem mais lugar nas teorias sobre criação do universo, devido a uma série de avanços no campo da física”.

Assim, Independentemente de suas controversas falas, Hawking, foi chamado a tirar as suas próprias conclusões da existência de Deus e encarar frente a frente o que aguarda cada pessoa após sua passagem pela Terra.

No entanto, é sabido o quanto Hwaking, influenciou e incentivou uma geração de novos cientistas, esse gênio da cosmologia provava a todo o momento que podia vencer, que podia pesquisar, que podia ser até mesmo pesquisado. Era uma referência no meio científico, seus livros venderam mais de 10 milhões de exemplares e suas palestras era concorridíssima.

O mundo sim, perde um gênio que agora vai pesquisar cara a cara uma outra existência, a de Deus!

Equipe Mais de Deus