A prefeitura do Rio de Janeiro decidiu encerrar a mostra ofensiva e desrespeitosa a Nossa Senhora, onde a imagem da mãe de Jesus era vilipendiada em nome da arte.

A exposição “Todxs xs Santxs – renomeado – #eunaosoudespesa”, feita pelo “artista” Orion Lalli, foi proibida de permanecer exposta, depois de receber inúmeros protestos e ser considerada por levar um “Desrespeito no Rio de Janeiro: Nossa Senhora é retratada com órgão sexual masculino”.

A obra foi impedida de continuar exposta no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, sob a argumentação sensata do órgão da prefeitura por atacar os valores cristãos.

Assim, ao reabrir ao público nesta segunda-feira, 02/03/2020, a “obra artística” que retrata uma mulher, muito parecida com Nossa Senhora, e transvestida com órgãos sexuais masculino não estará em exposição.

Em meio a polemica criada pela exposição blasfema o secretário de Cultura se manifestou dizendo que:

 “Gostaria de salientar que a Secretaria Municipal de Cultura abriga as mais diversas expressões culturais e artísticas, mas não podemos admitir nada que promova intolerância e ofensas ao sentimento religioso de qualquer credo. Essa exposição foi aprovada por um curador na gestão anterior a nossa”

A obra que está suspensa graças a uma notícia crime, feita por dois deputados, está suspensa até que se tenha uma decisão judicial. Sendo assim, é imprescindível que os cristãos cariocas se manifestam contra a obra, cobrando respeito das autoridades públicas e até mesmo das autoridades religiosas para que se manifestem contra tudo o que ofende a fé cristã.

Não podemos ficar calados!

Equipe Mais de Deus