papa-feancisco-7“Peçamos a graça de não fechar jamais as portas da reconciliação e do perdão, e de saber superar o mal e a divergência abrindo todas as vias possíveis de esperança, assim como Deus acredita em nós mesmos, infinitamente para além dos nossos méritos também nós somos chamados a infundir esperança e dar uma oportunidade aos outros”

Com estas palavras o Papa Francisco encerrou o Anos Santo da Misericórdia. Um período para enfatizar o quanto devemos renunciar os atos e costumes que possam por obstáculos no serviço do Reino e no amor ao próximo.

Foi um ano importante, onde em vários lugares do mundo foram abertas portas de misericórdias para que por quem por elas passassem fosse tocado pelo revestimento de sentimentos de misericórdias e terem os seus pecados perdoados

Assim, na manhã deste domingo a porta Santa da Misericórdia foi fechada no Vaticano diante de mais de 70 mil fiéis e cardeais provenientes de inúmeros países do mundo. A porta que se fechou foi aberta no dia 08 de dezembro de 2015, mas antes o papa disse: “com efeito embora se fecha a porta santa continua sempre escancarada para nós a verdadeira porta da misericórdia que é o coração de Cristo. Do lado trespassado do ressuscitado jorram até o fim dos tempos a misericórdia, a consolação e a esperança”

Você pode acompanhar a Santa Missa de encerramento do Ano Santo da Misericórdia e a homilia completa do Papa Francisco no vídeo abaixo:

Fonte: Vídeo Rádio Vaticana – youtube

Equipe Mais de Deus