Verão é algo maravilhoso, os dias são mais longos, o calor possibilita nos divertirmos em piscinas e parques aquáticos. No entanto, há os que preferem se refrescar em rios e pequenas quedas d’água.

O problema está quando acontecem as famosas trombas D’água ou Cabeça d’água que podem surpreender os banhistas e causar a morte

Em muitas cidades, as cachoeiras são uma atração indicada até mesmo pelos órgãos turísticos locais, o problema está quando resolvemos nos divertir em áreas longe das cabeceiras, onde nem sempre é possível ver a formação de nuvens, por estarem situadas alguns quilômetros abaixo.

É muito importante, ao entrar em cachoeiras e rios ter a noção do perigo que estes lugares estão sujeitos, as vezes é possível ouvir o barulho da agua se aproximando em outras oportunidades somente se vê quando está praticamente em cima do banhista.

Sinais de alerta

O banhista deve ficar atento há alguns detalhes que evidenciam que há o risco de uma tromba d’água:

  • Nuvens escuras próximo ou na direção de origem do rio: nuvens escuras na direção das nascentes dos riachos mostram que há o indicio de possíveis chuvas nas cabeceiras.
  • Folhas secas e materiais flutuantes: esse sinal antevê que uma tromba pode estar a caminho.
  • Nível da agua: é muito importante que o banhista esteja atento ao entrar num rio quanto ao nível da agua. Assim, se baseie em uma pedra ou tronco e de tempo em tempo fique de olho se acaso o “medidor” escolhido não estiver mais visível sai do local.
  • Qualidade da agua: se a água passar de clara para turva é um outro sinal de que rio acima estão havendo quedas de agua e há risco iminente.

Enfim, todo cuidado é pouco. Esteja sempre atento e não coloque a sua vida ou de seus familiares em risco. Lembre se sempre. A VIDA É O SEU BEM MAIOR!

Veja abaixo alguns vídeos referentes a trombas d’águas:

Tromba D’agua em Guapé (MG)

Tromba D’Agua em Araguari (MG)

Tromba D’Água no Havai (EUA)

Tromba D’Água em Sengés (PR)

Equipe Mais de Deus