Autoridades brasileiras estão monitorando uma “nuvem” de gafanhotos que veio do Paraguai e atacou as plantações de milho daquele país, está agora na Argentina e ameaça a fronteira oeste do Rio Grande do Sul e até fronteira sudoeste de Santa Catarina.

Segundo o monitoramento que está sendo feito a nuvem de gafanhotos passou pelas províncias de Formosa, Chaco e chegou a Santa Fé, mas é bem provável que a nuvem se desloque pelo meio da província de Entrerrios e siga em direção ao Uruguai, passando próxima da fronteira gaúcha.

No vídeo abaixo é possível ver a nuvem de gafanhotos se movendo em território argentino e a sua chegada. Uma imagem que impressiona pela quantidade de insetos.

Um dos fatores que possibilitam a viagem e proliferação dos gafanhotos são a alta temperatura e o ambiente abafado. Porém, é importante se atentar que os ventos quentes que estão vindos da Bolívia, têm direcionado o enxame para o território argentino e direcionado os mesmos para o Uruguai.

Equipe Mais de Deus

Fonte: Sites de notícias e Ministério da agricultura