O brasileiro vota na direita em detrimento a esquerda na busca por algo novo e exorcisma a “velha nova república” representada nesta eleição pelo PT.

bolsonaro-1

Muita coisa aconteceu nessa eleição que tornou consolidada a vitória da direita brasileira. Desde que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi proibido de disputar as eleições do Brasil, o candidato da direita conservadora tomou a dianteira mostrou suas ideias e falou muita coisa que o brasileiro tinha vontade de dizer, mas nunca se expressou.

É a vitória do conservadorismo e a busca por uma nova postura. A eleição deste dia 28 de outubro, mostra que a maioria, a mesma que foi a rua contra a ex-presidente Dilma Roussef, quer mudança. Lembrando que Não é que o povo morra de amores por Bolsonaro, o povo não quer o PT!”. O que se tornou claro com o que aconteceu nesta eleição.

Com 55,3% (57 milhões) dos votos contra 44,7 (46 milhões) votos, o presidente eleito Jair Bolsonaro é o novo presidente depois de 4 mandatos seguidos da esquerda, liderando uma direita talvez nunca tenha tido um representante desde o fim da ditadura militar brasileira. Com isso, o voto de hoje é o voto que expressa 3 coisas principais como:

  • A família,
  • A segurança e a
  • A moralidade.

Mas é também o voto político que quer resgatar um rumo para o Brasil, que se acredita perdido, e assim as principais bandeiras dessa busca são:

  • O conservadorismo,
  • Os ideais da família tradicional,
  • O Brasil em primeiro lugar,
  • A busca pela identidade nacional,
  • A eliminação dos mecanismos corruptos entre outras coisas.

Assim, o Brasil agora está em um novo rumo que deve ser respeitado tanto pelos vitoriosos como pelos perdedores, visto que se houver enfrentamentos entre pessoas e não de ideias todos perdemos e o brasileiro é quem sofre.

Equipe Mais de Deus

Leia também: