Igreja vazia na Itália

Decididamente a Pandemia global do novo coronavirus pode trazer muito mais estragos ainda, já que não só impede as pessoas de irem aos eventos que gostam e as movem de paixão como também impede cristãos de celebrarem a Santa Missa.

Não sabemos ainda o por que Deus permitiu isso, mas ao colocar cristãos longe da Missa e da Santa Comunhão, o inferno colocaria o mundo em xeque mate e apto para um avanço das forças do mal que combatem os valores cristãos. E até mesmo para o cumprimento de teorias e profecias bíblicas diante da calamidade que enfrentamos.

Ao olharmos quantas missas foram canceladas no coração da Igreja Católica – Itália. Isso faz o inferno celebrar grandemente, já que ao longo dos anos eles tem celebrado e avançado contra padres, responsáveis diretos para que uma Santa Missa ou Santo Culto possa acontecer.

Nós não vemos, mas o inferno tem lutado contra a igreja das seguintes formas:

  • Levantando pessoas para militar contra a Santa Igreja,
  • Atacando seminaristas para tira-los de sua busca pelo sacerdócio,
  • Seduzindo sacerdotes para que vivam a profissão e não a missão sacerdotal e
  • Levantado ataques ferrenhos de cunho espiritual contra esses homens de Deus, que por conta de sua linhagem e ligação histórica petrina, podem perdoar os pecados dos homens.

Assim, levantando se contra a igreja e sacerdotes o diabo vem seduzindo e cambaleando bons sacerdotes impedindo-os de:

  • Realizarem boas confissões e
  • Boas missas.

Esse coronavírus coloca momentaneamente o cristianismo em xeque, mas também nos disperta como um alerta para que nós católicos possamos atender a exortação de Deus: “Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar; invocai-o, já que está perto.” (Isaías 55, 6).  É a hora de buscarmos a igreja enquanto se faz possível:

  • Pedirmos perdão,
  • Comungarmos clamando misericórdia de Deus,
  • Repararmos as ofensas sofridas pelos ultrajes ao nosso Senhor Jesus.

Faça a sua parte! Convide um irmão afastado para voltar ao banquete eucarístico, não deixe o tempo passar, desperte tu que dormes. Não olhemos mais para erros de leigos e padres, olhemos para Deus e clamemos a sua misericórdia.

Equipe Mais de Deus

Leia também:

Decididamente a Pandemia global do novo coronavirus pode trazer muito mais estragos ainda, já que não só impede as pessoas de irem aos eventos que gostam e as movem de paixão como também impede cristãos de celebrarem a Santa Missa.

Ao colocar cristãos longe da Missa e da Santa Comunhão, o inferno colocaria o mundo em xeque mate e apto para um avanço das forças do mal que combatem os valores cristãos. Pensemos em quantas missas foram canceladas no coração da Igreja Católica – Itália. Isso faz o inferno celebrar grandemente, já que ao longo dos anos eles tem celebrado e avançado contra padres, responsáveis diretos para que uma Santa Missa ou Santo Culto possa acontecer.

Nós não vemos, mas o inferno tem lutado contra a igreja das seguintes formas:

  • Levantando pessoas para militar contra a Santa Igreja,
  • Atacando seminaristas para tira-los de sua busca pelo sacerdócio,
  • Seduzindo sacerdotes para que vivam a profissão e não a missão sacerdotal e
  • Levantado ataques ferrenhos de cunho espiritual contra esses homens de Deus, que por conta de sua linhagem e ligação histórica petrina, podem perdoar os pecados dos homens.

Assim, levantando se contra a igreja e sacerdotes o diabo vem seduzindo e cambaleando bons sacerdotes impedindo-os de:

  • Realizarem boas confissões e
  • Boas missas.

Esse coronavírus é um golpe contra o cristianismo e um alerta para que nós católicos possamos atender a exortação de Deus: “Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar; invocai-o, já que está perto.” (Isaías 55, 6). O maior problema é que as pessoas não estão compreendendo o quanto existem ações contra o cristianismo sendo preparadas no mundo. É a hora de buscarmos a igreja enquanto se faz possível:

  • Pedirmos perdão,
  • Comungarmos clamando misericórdia de Deus,
  • Repararmos as ofensas sofridas pelos ultrajes ao nosso Senhor Jesus.

Faça a sua parte! Convide um irmão afastado para voltar ao banquete eucarístico, não deixe o tempo passar, desperte tu que dormes. Não olhemos mais para erros de leigos e padres, olhemos para Deus e clamemos a sua misericórdia.

Equipe Mais de Deus

Leia também: