Natural de New Orleans (Louisiana), Edward John Dougherty, nasceu em 29 de janeiro de 1941 e é o 3° filho dos 5 do casal Mary e Edward J. Dougherty.

A Infância e a juventude

De família católica, desde garoto, Eduardo atuava como coroinha nas missas do Colégio dos Jesuítas. Aos 18 anos, durante um retiro um sacerdote do encontro fez uma pergunta aos jovens que abalou profundamente Eduardo:

O que você fará para Jesus?

Aquela pergunta mexeu tanto com o jovem estudante que o fez sair do retiro com um forte chamado de Jesus em seu coração. E uma decisão:

Vou ser jesuíta, sacerdote e missionário!

A cronologia da sua ordenação

Em 1969, ingressou no noviciado. Uma jornada de 11 anos, cujo sonho da época era ser missionário na África.

Ao finalizar os votos temporários foi enviado ao Alabama, viajou nos feriados para Guadalajara até o termino da filosofia.

Em 1966, foi enviado ao Brasil. Sua missão era fazer o magistério e por isso foi enviado para uma ação social jesuíta na cidade de Campinas/SP, onde existia o Centro Kennedy.

No ano de 1968, teologia em São Paulo, durante o regime militar e transferência para Toronto no Canada.

Em 1969, já no Canada a experiência do Batismo no Espirito Santo transformou a vida de Eduardo, em suas férias no Brasil, foi o responsável por apresentar ao também americano Haroldo Hahm, que entusiasmado abriu os caminhos para o movimento carismático no Brasil.

Um ano antes de finalizar seus estudos teológicos, conseguiu dos líderes jesuítas a permissão para ser ordenado 1 ano antes, em 1970. Vindo a escolher o dia 05 de junho para o grande dia de sua ordenação sacerdotal.

A vida sacerdotal

Foi ordenado um sacerdote jesuíta aos 29 anos, e passou a pregar retiros para sacerdotes em muitas localidades americanas. Sendo um padre de Ordem, foi designado – ao contrário do que queria – para o Brasil.

No Brasil, Pe. Eduardo foi designado para a cidade Osasco/SP, onde começou a pregar retiros por todas as capitais do país, espalhando pelo Brasil as primeiras sementes da RCC.

Ir. Luiza, Pe. Eduardo, Ir. Cecilia e Ir. Nellie.

Uma equipe foi formada pelo Espirito Santo

Por volta do ano de 1975, teve a adesão da Irmã Nellie Guimarães, da Congregação das Irmãs de Jesus Crucificado. Em 1979, foi a vez da Irmã Luiza, das Irmãs de São José de Chamberry, se juntara equipe e logo depois em 1980, foi a vez da Irmã Cecilia Vianna. O trabalho então, teve início na garagem de uma paroquia campineira, a Bom Pastor, onde adaptaram uma sala a partir de uma garagem.

Em 1980, a inspiração para criar uma produtora começou a dar seus primeiros passos e logo em seguida ganhou a sua primeira câmera, a partir daí, e mediante a necessidade surgiu o programa “Anunciamos Jesus”. Em 1981, fundou a Associação do Senhor Jesus, que desde o seu início é mantida por sócios contribuintes que, acreditando nesta proposta de evangelização, que atuou como produtora e foi responsável pela produção de diversas minisséries, telenovelas e filmes.

Pe Eduardo e Equipe

Em 1996, Pe. Eduardo, lança a revista Brasil Cristão, que atua como um elo de evangelização e propagação do evangelho por todo o Brasil

No ano de 1999, Pe. Eduardo ganha a concessão de um canal educativo, que foi batizado de TV Século 21 e que até hoje transmite uma programação voltada para a evangelização.

Equipe Mais de Deus

Fontes: Rede Século 21 e revista Brasil Cristão