Em tempos de grande antagonismo eleitoral e queda de braço entre direita e esquerda, resolvemos nos aprofundar no que o catecismo católico fala sobre alguns itens polêmicos dessa corrida eleitoral.

eleições-2018

E que são muito importantes para um bom católico. E o aborto e sem dúvida uma das maiores polemicas e é apoiado por alguns candidatos. Nos itens 2270 e 2271 o CIC (Catecismo da Igreja Católica) afirma que quem defende o aborto vai contra a Igreja:

Sobre O ABORTO o item (CIC 2270) diz que A vida humana deve ser respeitada e protegida de maneira absoluta a partir do momento da concepção. Desde o primeiro momento de sua existência, o ser humano deve ver reconhecidos os seus direitos de pessoa, entre os quais o direito inviolável de todo ser inocente à vida. Antes mesmo de te formares no ventre materno, eu te conheci; antes que saísses do seio, eu te consagrei (Jr 1,5). Meus ossos não te foram escondidos quando eu era feito, em segredo, tecido na terra mais profunda (Sl 139,15). Vimos aqui que o catecismo defende a vida porque ela é dom de Deus, devendo assim ter seu direito de vida desde a sua concepção.

Os primeiros cristãos já falavam sobre o aborto (CIC 2271) Desde o século I, a Igreja afirmou a maldade moral de todo aborto provocado. Este ensinamento não mudou. Continua invariável. O aborto direto, quer dizer, querido como um fim ou como um meio, é gravemente contrário à lei moral: NÃO MATARÁS O EMBRIÃO POR ABORTO E NÃO FARÁS PERECER O RECÉM-NASCIDO. Deus, senhor da vida, confiou aos homens o nobre encargo de preservar a vida, para ser exercido de maneira condigna ao homem Por isso a vida deve ser protegida com o máximo cuidado desde a concepção. O aborto e o infanticídio são crimes nefandos.

O Catecismo no item acima traz um trecho retirado do Didaque 2, 2 que diz: “Não matarás criança por aborto, nem criança já nascida” O assassinato de crianças ou bebes nascituros, que estão ainda no ventre, é chamado de crime nefando que é o mesmo que abominável e execrável.

Assim, apoiar esse tipo de crime quer direta ou indiretamente nos torna cúmplices e, por isso, um católico não deve compactuar com quem defende ou apoia esse crime.

Até mesmo por que a palavra diz: “Não matarás” (Êxodos 20, 13)

Veja os candidatos que se dizem contrários e favoráveis ao aborto:

CANDIDATO COMENTÁRIO A FAVOR OU CONTRA
Álvaro Dias Já considera a lei em vigor suficiente Contrario 
Ciro O aborto é uma tragédia Em cima do muro
Alckimin A solução é evitar a gravidez

Contrario

Boulus Aborto legal, seguro e gratuito para todas Favorável ao aborto
Meireles A lei tem que garantir esse direito Favorável ao aborto
Amoedo Deveríamos fazer a proteção do feto Contrario
Bolsonaro Me posiciono contra o aborto Contrario
Haddad É questão de saúde publica Favorável ao aborto
Marina Sou contra, mas defendo um plebiscito Em cima do muro

 

Se formos tratar como o catecismo nos orienta, alguns candidatos devem ser considerados fora de disputa pois estão fora do que rege a bíblia.

Pense bem antes de votar!

Equipe Mais de Deus