Todos os domingos a Rede Globo, através do Programa Fantástico, apresenta o “Craque da Rodada”, uma votação on line onde é escolhido um destaque. O craque com o melhor desempenho recebe então um troféu via votação popular.

Neste domingo, 12/05, no jogo entre Santos e Vasco, no Pacaembu terminou em 3 a 0 para o time santista, num jogo onde o goleiro do time carioca teve uma das suas piores atuação e foi escolhido como o “Craque do Jogo”.

A nota ruim e polemica do jogo, foi que uma campanha do site ‘desimpedidos’ que fizeram uma campanha junto as redes sociais convidando a galera para votar no goleiro vascaíno. A campanha deu certo, e o público votou… Uma situação desagradável onde no final do jogo a repórter que foi entrevistar o goleiro ficou com a ingrata missão de entregar o ‘humilhante prêmio’ ao goleiro Sidão.

Foi uma situação desnecessária que com bom senso, teria sido evitado. A emissora carioca que concedeu o prêmio, emitiu uma nota dizendo que vai mudar o formato da escolha do craque e pediu desculpas ao goleiro.

 

O bom senso

Falamos de Bom senso e encontramos na internet uma boa definição sobre bom senso:

  • Forma sensata e equilibrada de decidir e julgar; razoabilidade, prudência. Forma de agir que não é afetada pelas paixões, que se pauta na razão e no equilíbrio, de acordo com os padrões e a moral: eu não faria isso por uma questão de bom senso.

A emissora poderia ter evitado a situação humilhante a qual foi exposto, no jogo do dia das mães na capital paulista. O prêmio que existe há algum tempo deve ter a finalidade de valorizar uma pessoa e não de menosprezar. O que é justo trazermos para a nossa realidade.

Todo tipo de brincadeira é valido até o ponto que leva as pessoas a uma descontração e alegria.

Quando a brincadeira, não importa a estancia ou lugar, excedo do politicamente correto e coloca uma pessoa ao ridículo, transformando-a em chacota. É deselegante, maldosa e desumana.

Em nota o Vasco da Gama, clube do goleiro, se manifestou e publicamos  trechos da mesma:

O Club de Regatas Vasco da Gama repudia a exposição equivocada, constrangedora e desnecessária do atleta Sidão em rede nacional ao fim do jogo contra o Santos, em uma infeliz entrada ao vivo para a entrega de um prêmio que evidentemente não representava o espírito proposto…. E finaliza o seu manifesto destacando a solidariedade ao goleiro e a fala do comentarista da Globo Walter Casagrande.

Manifestamos nossa solidariedade ao atleta Sidão e aproveitamos ainda para agradecer a demonstração de apoio de diversos profissionais, com destaque para o comentarista Walter Casagrande Jr., que reconheceu o deslize, mesmo estando presente na citada transmissão. Este espírito deve guiar a boa convivência no esporte.

Que isso, sirva de lição para todos. Afim de que, “não façamos ao outro o que não gostaríamos que fosse feito a nós!”

 Assista o vídeo onde a repórter da Globo entrega o prêmio humilhante ao jogador

No vídeo abaixo, a Globo se manifestou através do seu repórter Tadeu Schimidt, do Fantástico e pediu desculpas ao goleiro Sidão e ao Vasco da Gama. Lembrando que a globo criou o premio, mas quem elegeu o goleiro como craque da rodada foi o público que entrou na zuera do site desimpedidos e/ou serviu de “massa de manobra” para que outros se dessem bem.

 

Equipe Mais de Deus.