Idosos são o grupo de maior risco

As pessoas com idade superior a 60 anos tendem a apresentar uma vulnerabilidade maior em seu sistema imunológico que um jovem de 20 ou 40 anos.

Assim, foi sugerido que os idosos fiquem em suas casas e não se locomovam para as ruas por conta do seu estado de saúde. Lembrando que a grande maioria das pessoas infectadas que chegaram ao óbito eram idosas.

Ao precisar interagir com idosos se faz necessário que a pessoa que os visita ou convive que tome também alguns cuidados principalmente ao chegar da rua:

  • Lavar as mãos,
  • Não abraçar,
  • E manter uma certa distância,

Se for preciso visitar um parente idoso é fundamental que ao chegar no local lave-se bem as mãos para evitar ao máximo trazer uma possível contaminação para dentro da casa da pessoa e se tiver ido a um lugar onde exista suspeita de contaminados não custa tirar os sapatos.

Lembre-se que para lavar as mãos é necessário um tempo dedicado e não uma jogadinha de agua, mas sim algo em torno de 20 segundos para que o sabão faça efeito e alcance toda a área das mãos.

Equipe Mais de Deus

Leia também:

Fonte: Ministério da Saúde