Será que a grama do vizinho é mais verde que a nossa mesmo?

Muitas vezes, nós não damos o devido valor ao que temos e tudo do outro lado do muro é melhor, mais bonito e com mais qualidade. Ficamos preocupados com a vida dos outros, o que eles adquirem, o que conquistam e como prosperam e esquecemos de nós mesmo.

Com isso olhamos muitas vezes acima do muro de nossas casas e vemos que:

  • A casa do vizinho é mais bonita,
  • A grama do vizinho é mais verde,
  • A vida do vizinho é melhor.
  • A mulher do vizinho é mais bonita

Ao analisarmos isso vemos que existem coisas que acabam sendo mais bonitas na vida dos outros simplesmente por que nós deixamos isso acontecer e deixamos de valorizar o que temos. Colocamos acima 3 pontos muito comentados e que vamos responder simples e direto:

  • 01 – A casa do vizinho é mais bonita – a casa do vizinho sempre será mais bela e mais bonita enquanto não valorizarmos e não cuidarmos melhor da nossa casa. Se eu limpo a frente da minha casa, cuida da grade ou muro, deixo organizado e sem moveis ou entulhos sem utilização na frente, tudo fica melhor e mais bonito.
  • 02 – A grama do vizinho é muito mais verde – sim, deve ser verde porque ele cuida e molha com frequência. Todavia, se você limpar, cuidar e regar com mais frequência o seu jardim, ele será tão bonito quanto o do seu vizinho.
  • 03 – A vida do vizinho é melhor – certamente se seu vizinho for mais esforçado que você, a vida dele será melhor e mais promissora. Isso é fato! E está em suas mãos a busca por melhores oportunidades em sua vida. Estudar mais, se esforçar no emprego e conquistar uma vida melhor.
  • 04 – A mulher do vizinho é mais bonita e mais prendada – a bem da verdade, uma unica coisa é certa, quanto mais defeitos você procurar em sua esposa, noiva ou namorada, mais vai achar. E isso acontece quando estamos olhando mais pras qualidades dos outros do que para as nossas.

Não se deixe levar pela inveja e pelas conquistas dos outros lembre-se que “é por inveja do demônio que a morte entrou no mundo, e os que pertencem ao demônio a provarão” (Sabedoria 2, 24). Nossa vitória está em Deus e é nele que vamos conquistar proezas e vencer as dificuldades.

As vezes, colocamos demais os olhos nas coisas alheias e passamos a desejar aquilo que não temos igual ao outro. Lembre-se Deus, antevendo esse problema disse:  “Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.” (Êxodo 20, 17)

Às vezes não damos o devido valor para a nossa capacidade de conquista. No entanto, é isso que precisamos aprender a fazer: Valorizar as coisas que conquistamos. Pois, se as conseguimos conquista-las, podemos muito mais!

“Um coração tranquilo é a vida do corpo, enquanto a inveja é a carie dos ossos” (Provérbios 14, 30)

Lembre-se que a casa do vizinho pode ter cupim, que a grama do vizinho está sujeita a pragas, que as conquistas do vizinho podem não ser honestas e um dia terá que prestar contas e que dentro da casa a esposa dela pode ser uma bruxa. Mas, ainda que não seja nada disso aprenda a valorizar o que você tem em sua casa e cuide para que não se perca. Quando muito cuidamos das coisas dos outros, pouco fazemos pelas nossas.

Se você valorizar o que tem também vai achar qualidades nas coisas ou pessoas que possui ao seu lado!

Equipe Mais de Deus

Leia também: