Igreja familiaVivemos dias em que cada vez mais as pessoas estão usando um estilo casual e/ou contemporâneo no modo de se vestir. Encontramos pessoas usando os mais variados estilos, não se importando com o local, com a pessoa ou as pessoas com quem vai ou vão se encontrar.

Assim, é comum encontrarmos nas ruas pessoas de pijama, cueca (usando como shorts) e até camisolas para ir a um mercadinho de esquina, uma farmácia ou padaria. Alguns estão tão despojados que comparecem a casamentos de shorts e chinelo, minissaias curtíssimas, entre outros tipos de vestimentas.

Mas e quanto a Santa Missa, qual é a roupa apropriada?

Partimos de uma verdade ocidental, que diz que “a forma como nos vestimos, manifesta o quão importante é a pessoa com quem iremos nos encontrar”.  Assim, escrevemos uma regra de orientação para orientar quem não tem muita noção de roupa para ir a Santa Missa ou a um encontro da igreja.

1º – Somos a igreja, “a noiva” de Cristo e para tanto devemos nos portar assim:

  • Um homem quando vai se encontrar com a sua namorada ou pessoa que está paquerando, não vai de qualquer jeito, pois precisa impressiona-la, do mesmo modo a mulher que vai se encontrar com o namorado. Dessa forma, também nós devemos agir.

2º – Ir bem apresentável:

  • Alguns dizem que Deus os ama como são, o que é uma grande verdade. No entanto, é importante lembrar que Deus é Deus, e que merece respeito. Quando visitamos alguém importante, costumamos nos vestir bem, por respeito a pessoa, dessa forma nos perguntamos: Quanto não é importante o Senhor para cada um de nós?
  • Existem cerimonias que as vezes o protocolo exige um certo tipo de roupa, por conta das autoridades presentes. Todavia, no comum do dia a dia a igreja não exige terno ou vestido longo, apenas que nos portemos de forma respeitável e de maneira apresentável.
  • Existem pessoas que pisam na bola, quando vão à igreja usando um manequim 36 quando o recomendado é o 38, 40 ou 42. Usando uma roupa muito justa e agarrada do corpo, sensualizando e vulgarizando.

3º – Os cuidados com a higiene:

  • Ao ir na casa de Deus é importante estar limpo, de banho tomado e perfumado (ainda que não seja um perfume dos mais caros), mas uma coisa é verdade: não existe coisa mais desagradável do que se sentar ao lado de uma pessoa com um forte cheiro debaixo dos braços ou então, cheirando urina ou com chulé.

Para ir na igreja devemos ter por certo que Deus nos ama, e é por causa desse amor, que também nós devemos fazer um pequeno esforço para se vestir bem para Aquele que amamos, Jesus!. E colocando nos em nosso lugar, ainda que Deus nos ame, Ele é o Deus todo poderoso, o qual os céus se prostram diante de sua presença.

Somos filhos dele, por adoção e não estamos de igual para igual com Ele, diante dele até os anjos tremem no reflexo de sua glória. E assim também nós devemos nos portar e prostrar.

Vestir se bem diante de quem amamos é um gesto de carinho e manifesta o tamanho da importância  da pessoa a qual estamos indo nos encontrar. E isso deve ser motivo de grande alegria, prazer e satisfação  da nossa parte. Pois ainda que não seja a roupa comprada na loja mais cara, com certeza vai agradar em muito o coração de Deus.

Para finalizar vamos lembrar o que escreveu o teólogo e cardeal Caetano († 1534), conhecido comentador de Santo Tomás de Aquino, que dizia haver 4 itens importantes para o por que de nos vestirmos:

  • 1º – Físico: usamos determinadas roupas para nos proteger do frio, por exemplo;
  • 2º – Moral: pelo que nos vestimos para cobrirmos a nossa nudez;
  • 3º – Estético: nos vestimos para manter uma boa aparência; e
  • 4º – Social: pelo que devemos conservar a dignidade e a decência de nosso estado, trajando roupas apropriadas.

Assim, separamos 4 textos distintos que vão ajudar você a se vestir de forma mais apropriada para honrar a Deus na Santa Missa:

Equipe Mais de Deus