Nota-santuario-1No dia 23/05 – quarta-feira, o santuário Nacional de Aparecida, emitiu uma nota de reparação em nome Padre João Batista de Almeida (Reitor do Santuário Nacional), Padre José Inácio de Medeiros (Provincial da Unidade Redentorista de São Paulo) e de Dom Orlando Brandes (Arcebispo de Aparecida). Em sua postagem na qual, os mesmos assinam, manifestam seu pesar por todos os contratempos causados no Santuário Nacional no episódio da Missa em defesa do ex-presidente Lula.

Na oportunidade, o padre João, manifestou em oração o pedido pessoal de intercessão a virgem Aparecida, pelo ex-presidente lula, em meio a uma Missa organizada exclusivamente como forma de manifesto.

Assim, em nota, as autoridades eclesiais do Santuário se manifestaram da seguinte maneira:

Saudação e Bênção a todos,

Nós, Dom Orlando Brandes, Arcebispo da Arquidiocese de Aparecida; Pe. José Inácio de Medeiros, Superior Provincial dos Missionários Redentoristas da Província de São Paulo; Pe. João Batista de Almeida, Reitor do Santuário Nacional de Aparecida, através desta nota, nos dirigimos ao povo brasileiro e, em especial, aos devotos de Nossa Senhora Aparecida. Manifestamos nosso profundo pesar pelo desapontamento que causamos a todos. Pedimos perdão pela dor que geramos à Mãe Igreja, aos fiéis e às pessoas de boa vontade.

Em nossa Ação Pastoral, o Santuário Nacional, a Arquidiocese de Aparecida e a Congregação Redentorista não defendemos uma posição político-partidária, que é contrária ao Evangelho. Estamos sim, em comunhão com o Magistério e com a Doutrina Social da Igreja.

Contudo, eu, Pe. João Batista, Reitor do Santuário Nacional, manifesto meu pesar e peço o perdão de todos que se sentiram ofendidos pela maneira como conduzi a celebração da missa das 14 horas, do último dia 20 de maio. Quero reafirmar meu compromisso com a Arquidiocese de Aparecida, com a Congregação do Santíssimo Redentor, com os colaboradores e voluntários do Santuário Nacional e com todos os que bebem dessa fonte de restauração de vidas. Encerrando, renovamos nosso pedido de perdão e confiamo-nos à oração de todos. Pois, com a Mãe Aparecida, “tudo o que é quebrado pode ser restaurado”. Queremos continuar fazendo do Santuário Nacional a Casa da Mãe de todo o povo brasileiro. Interceda por todos nós a Mãe Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, a Mãe da Misericórdia.

Padre João Batista de Almeida Reitor do Santuário Nacional

Padre José Inácio de Medeiros Provincial da Unidade Redentorista de São Paulo

Dom Orlando Brandes Arcebispo de Aparecida

O movimento pela libertação de Lula, tem se aproveitado de todo tipo de oportunidade para manifestar, mediante há algum determinado publico, a sua vontade de ver o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, livre. Assim, aproveitando de sua ligação com alguns grupos ligados a Igreja Católica correu atras paraver o que conseguia e conseguiu. Espera-se que esta nota não seja mais uma nota redigida pelo Santuário Nacional e depois jogada fora, como da última, que o mesmo emitiu dizendo que não tomaria partido de nenhuma organização, pessoa ou movimento.

Equipe Mais de Deus

Para relembrar leia: