christians-432075_640Na manhã desta terça feira (24/01) em momento de oração na Igreja São João Batista (Votorantim) partilhava com o Irmão Antônio sobre sermos todos do mesmo redil, nós católicos e os evangélicos e que ainda somos carismáticos graças aos protestantes da Igreja presbiteriana da irmã Flo Dodge (Pensilvania/EUA)

E que susto foi saber hoje – dia da conversa – que estamos na semana de Unidade dos cristãos com Destaque nos 500 anos da reforma Luterana. Quando o monge alemão agostiniano e professor de teologia Martinho Lutero apregoou 95 teses na porta da igreja do castelo de Winttenberg. Fato já noticiado neste site:

Na oportunidade do encontro na cidade de Lund (Suécia), um documento foi preparado em conjunto com a finalidade máxima da reconciliação. Nesse mesmo dia o Papa Francisco disse: “Nós católicos e luteranos, começamos a caminhar juntos pela senda da reconciliação. Agora, no contexto da comemoração comum da Reforça de 1517, temos uma nova oportunidade para acolher um percurso comum, que se foi configurando ao longo dos últimos 50 anos no diálogo ecuménico entre a Federação Luterana Mundial e a Igreja Católica. Não podemos resignar-nos com a divisão e o distanciamento que a separação gerou entre nós. Temos a possibilidade de reparar um momento crucial da nossa história, superando controvérsias e mal-entendidos que impediram frequentemente de nos compreendermos uns com os outros”.

Ricardo Mari – Equipe Mais de Deus

Fonte: Radio Vaticano