Em meio a pandemia instalada pelo coronavirus, onde muitos duvidam da sua real manifestação, e acreditam que o número seja bem maior do que o que vem sendo divulgado pelo governo chinês.

Muitos se perguntam se os acontecimentos dessa nova doença não estariam ligados aos finais dos tempos, descritos pelo Apocalipse?! A bem da verdade e na frieza de nossa resposta diríamos que sim. E isso não é ruim! Pelo contrário é bom e é desejado pela Igreja Católica Apostólica Romana, onde incluem-se todos nós, fiéis católicos, desde o momento em que Jesus ascendeu aos céus.

Quer seja nas pregações, quer seja na liturgia da missa onde se proclama que estamos aguardando a sua volta, sem falar dos variados textos bíblicos onde relatamos “o que disse Jesus sobre a sua volta”, e assim, podemos entender melhor várias profecias que diferentemente dos anos, décadas e séculos anteriores, estão se cumprindo ou em vias de se cumprir nos dias atuais

A igreja e os cristãos sabem que o no plano de salvação está a parusia ou segunda vinda de Cristo. E isso, quer muitos queiram ou não, está para acontecer, e será precedida de inúmeros acontecimentos como os relatados no Evangelho de São Mateus 21, 11 que relata eventos como “grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes”, como essa do coronavírus.

Equipe Mais de Deus

Leia também: