Drone-hostia-6O vídeo do “Santíssimo voador” se espalhou e repercutiu em vários órgãos de imprensa na mídia internacional e secular, ultrapassando mais de 1 milhão de visualizações

Sites espanhóis consideram uma profanação e um sacrilégio

Espanha

  • Aciprensa disse: “Polémica por “procesión” de la Eucaristía con un dron en Brasil”
  • RT Noticias: “¿Profanacion de la Eucaristia?” Profanação da eucaristia?
  • ABC tecnologia: “Drones en misa, la práctica de una iglesia brasileña que indigna a las redes”. Drone na missa, a pratica de uma igreja brasileira que indignou as redes sociais

Drone--hostia-1México

  • Sipse. com escreveu: Dron que lleva hóstia durante missa causa indignacion (vídeo) – “Drone que carrega hóstia na missa causa indignação” e ainda publicou a mensagem de um sacerdote que assim escreveu em suas redes sociais: “Quer brincar com drone? Mas não coloque jesus Eucarístico nas suas brincadeiras. Manda comprar um drone de 2 metros, se amarra nele, põe pra subir, joga o controle la de cima, fique à vontade e curta a paisagem até acabar a bateria….” (ver imagem destacada)

Estados Unidos

  • O site americano Church Pop ligado a rede EWTN diz: “Sacrilegious” Eucharistic Procession with Drone Caught on Video Goes Viral

Suíça

  • ch trás no site o seguinte título: Un ostensoir volant fait scandale – Tradução literal “Um ostensório voador é escandaloso” ou “O Escandaloso ostensório voador”

Brasil

De norte a sul do Brasil em quase todos os estados brasileiros existem sites falando do acontecido na cidade de Sorocaba

  • O site brasileiro ancoradouro chamou de “Aberração litúrgica” – “Aberração litúrgica: drone carrega Eucaristia pela Igreja”
  • Cerca de outros 10 sites usaram a mesma notícia com esta mensagem: “IGREJA INOVA E UTILIZA DRONE PARA LEVAR HÓSTIA AO ALTAR DURANTE MISSA”
  • O G1 também expos a notícia dizendo: “Símbolo católico entra em igreja voando em drone durante a missa”

Ainda existem alguns relatos que o vídeo está em noticias de outros sites de língua portuguesa, bem como sites da França, Argentina, Paraguai e Hungria.

Equipe Mais de Deus

Leia também: