Tsunami-setO forte terremoto seguido de um tsunami, na última sexta-feira (28/09) causaram ao menos 420 mortes na idade de Palu na Indonésia. O numero de mortos ainda pode crescer, porem o mesmo poderia ter sido amenizado se o alerta de tsunami emitido pelas autoridades daquele pais asiático não tivesse sido cancelado.

Os estragos causados pelo tremor de 7,5 graus na escala Richter foi o grande responsável pelo tsunami que invadiu a cidade de Palu, situada na ilha de Celebes.

Tsunami-set2Apesar de serem computados cerca de 420 mortos, as autoridades da Agencia Nacional de Gestão de Desastres, prevê que esse número suba na medida em que regiões até então inacessível voltem a ter comunicação terrestre. Existem prédios que desabaram e que estavam lotados de pessoas desabaram, e o caso de um hotel, um centro comercial, vários prédios, entre outros.

Outro problema encontrado na região é a escassez de pessoal especializado em socorro, bem como a falta de locais para o atendimento dos feridos, o governo central enviou ajuda, mas a mesma precisa vir por estradas ou barcos, visto que o aeroporto de Palu encontra-se semidestruído, o que impede que aeronaves levem ajuda.

A indonésia no foco da destruição

Há pouco tempo um outro Terremoto na Indonésia deixou mais de 430 mortos, esse tremor que assolou a ilha de Lombok, causou grandes estragos, deixando cerca de 400 mil desabrigados e cerca de 500 mortos (números atualizados).

Mas nenhum é comparado ao terremoto seguido de tsunami que varreu Banda Aceh em 2004 e que causou a morte de mais de 270 mil pessoas em vários países da região, principalmente a indonésia.

Situada no anel de fogo do Pacifico, a Indonésia, possui uma forte atividade sísmica, que é responsável pelo elevado número de tremores que assolaram o pais nos últimos anos.

Veja o vídeo que mostra o tsunami chegando na cidade:

Equipe Mais de Deus

Leia também: