Que características expressam nossa verdadeira vida em Deus?

Homem 2O que caracteriza um homem de Deus?

A palavra de Deus expressa em II Coríntios 5, 17: “Todo aquele que está em Cristo é uma nova criatura. Passou o que era velho; eis que tudo se fez novo!”

Muitas vezes vivemos uma vida de aparências e que se formos colocar os devidos pingos nos “iis” encontramos uma proposta cristã e uma vida totalmente fora dos princípios de um verdadeiro cristão. O que não é nada bom, afinal de contas, sobre isso jesus disse: “Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Sois semelhantes aos sepulcros caiados: por fora parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos, de cadáveres e de toda espécie de podridão. Assim também vós: por fora pareceis justos aos olhos dos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade.” (Evangelho de São Mateus 23, 27-28)

“Eita” situação complicada. Todavia e melhor enfrentar o problema e encarar a realidade buscando uma mudança de vida. Então, respire fundo e vamos para hora da verdade:

  • Guardo o meu coração das impurezas do mundo? No dia a dia tenho preocupado em estar distante de coisas que podem contaminar a minha alma e por consequência me afastar de Deus?
  • Tenho José, Paulo, e /ou um santo como um exemplo que procuro seguir? Quem são meus heróis? Quem são as pessoas que admiro? Que qualidade eles tem? Meus heróis são verdadeiramente heróis ou uma piada?
  • Quando oro de onde vem minha oração? Minha vida de oração existe de verdade, ou é só para mostrar as pessoas? Busco verdadeiramente estar com Deus, ou vivo de aparências? Que gosto de ficar nos primeiros lugares para que as pessoas vejam que estou orando?
  • Defendo a palavra com vigor cristão? No meu dia a dia sou complacente com a verdade ou com a mentira? Diante das pessoas eu sou um defensor dos princípios bíblicos ou me calo diante o paganismo?
  • Respeito e valorizo as pessoas ao meu redor? Quando vejo uma pessoa ser injustiçado sou omisso ou também tenho o costume de me aproveitar das falhas ou dos atributos dos outros para o meu favor?
  • Amo minha família como pede o mandamento de Deus? Valorizo e respeito minha família, pai, mãe com idade avançada como diz a palavra ou não estou nem aí? Desprezo meus familiares? Tratos os com desamor ou com carinho?
  • Ajo como um homem prudente no falar e no agir? Falo tudo o que penso e a hora que quero? Tenho costume de usar palavras de baixo calão no meu dia a dia ou preso por um modo de dizer natural e cristão?
  • Sou um homem responsável? Cumpro com as responsabilidades assumidas? Tenho pontualidade com os compromissos assumidos? Principalmente quando se diz respeito para com as coisas de Deus?
  • Sou um homem fiel a minha esposa ou a minha namorada? Quando não estou sozinho sou fiel a minha parceira, quer seja casado ou namorando? Se estou distante sei me portar e respeitar a pessoa com quem tenho uma relação mais profunda?
  • Cristo e o centro da minha vida? Será o que o senhor Jesus ocupa um lugar de destaque, aonde ele seja parte fundamental de tudo o que tenho feito ou realizado?

Ao refletir tudo isso, somos chamados a mudar de vida e viver um tempo novo e nossas vidas, em nossas casas e em nossa família. Assim, abrimos uma oportunidade muito grande de poder assumir o que Paulo disse a Timóteo: “Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.” (2 Timóteo 4, 7)

Equipe Mais de Deus