Foram inúmeras as vezes que ouvimos este “mal” dito popular que algumas pessoas enchem a boca e estufam o peito para dizer: Uma Ave-Maria bem rezada vale mais que mil, mal rezadas.

Vejamos o pensamento abaixo:

“Tem gente que só pensa em orar, passa o dia inteiro na igreja.             
“Mas pra mim, tem mais valor uma ave maria bem rezada, do que mil ave marias mal rezadas.”

O discurso acima parece bonito, simpático e verdadeiro, desapegado de tudo e direto; toda via, faz parte do discurso de milhares de brasileiros, que se apoderaram de uma “vagabundice espiritual” e estão cheios de nada…

Vazios em seus interiores e superficiais em suas atitudes…

De fato, rezar uma Ave Maria é fácil e dá pra fazer com grande ênfase e vontade, e o tempo gasto será de no máximo 15 segundos, podendo se estender a 1 minutos se a pessoa fizer um reflexão rápida nas frases da oração.

Todavia, rezar o Rosário ou a devoção das Mil Ave Marias gastam de 1 hora e 20 minutos à 5 horas respectivamente e, em ambas as devoções, diferentemente da uma Ave Maria “bem rezada”, para estes dois exemplos que damos (O Rosário e as Mil Ave Marias) elas requerem de quem as rezam algumas atitudes fundamentais, que aplicamos como uma “Dedicação de atletas”, descritas abaixo:

  • Esforço,
  • Determinação,
  • Força de vontade,
  • Renuncia,
  • Comprometimento e
  • Doação: (doação de si mesmo e do seu tempo pra Deus).

E sendo assim, é normal que as vezes algumas Ave Marias, de fato não saiam bem rezadas.

Quem quer alcançar a Deus ou obter um favor de Deus deve no mínimo rezar 15 minutos por dia, e digo mais, rezar sem ter outra atitude, sem estar limpando a casa, lavando a louça ou arrumando o quarto. Tirar o tempo para estar com Deus.

A verdadeira oração consiste em deixar as coisas de lado para fazer como Maria que “Estando Jesus em viagem, entrou numa aldeia, onde uma mu­lher, chamada Marta, o recebeu em sua casa.* Tinha ela uma irmã por nome Maria, que se assentou aos pés do Senhor para ouvi-lo falar. Marta, toda preocupada na lida da casa, veio a Jesus e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe só a servir? Dize-lhe que me ajude”. Respondeu-lhe o Senhor: “Marta, Marta, andas muito inquieta e te preocupas com muitas coisas; no entanto, uma só coisa é necessária; Maria escolheu a boa parte, que lhe não será tirada” (Evangelho de São Lucas 10, 38-42)

A oração é tão importante em nossas vidas como são o oxigênio e o alimento para o nosso corpo. De modo que, sem uma vida de oração, digo vida de oração de verdade, não uma esmola de oração (rezar uma ave-maria ou um pais nosso apenas) não somos capazes de fazer a diferença em nossas vidas.

NÃO SE ENGANE

Uma Ave Maria bem rezada é importante, mas não suficiente, e longe de menosprezar a tal uma Ave Maria, os grandes santos da Igreja, só o são de verdade porque dedicavam-se em oração e dedicavam tempo para passar com Aquele o qual confiavam as suas vidas. Os santos, só chegaram na sua condição de santidade por que na sua imensa maioria ficavam 2, 3 e até 6 horas em oração.

Assim, digo que antes de qualquer esforço, por defender qualquer causa, partido, situação ou legenda, primeiramente é necessário que estejamos em Deus, firmes e fortes. Pois quem se dedica a Deus e N’Ele se entrega para gastar o seu tempo, N’Ele ganha tempo e vida e ainda mais, adquire as verdades e as revelações necessárias para esses dias que são terríveis.

Equipe Mais de Deus

Leia também: