zona-azulA prefeitura de Sorocaba/SP aumentou a tarifa da zona azul da cidade, coisa normal que acontece em muitos lagares que tem suas tarifas reajustadas.

No entanto, o aumento referendado pela cidade paulista foi de estonteantes, 200%, sim eu disse, duzentos por cento.

Enquanto isso, a inflação acumulada nos últimos 12 meses não chega nem de longe, e com muito esforço, perto dos 200% com que foi verificado o aumento da zona azul na cidade de Sorocaba. Para se ter uma ideia, do que isso representa; em 1 ano, os índices de inflação apontados foram os seguintes:

  • ICV (Dieese) – 2,50%
  • IGP-M (FGV) – 4,28%
  • IPC (FIPE) – 1,54%
  • IGP-DI – 5,20%
  • IPCA (IBGE) – 2,86%

Assim, a tarifa sorocabana passa dos atuais R$ 0,50 (cinquenta centavos) por 1 hora, para R$ 1,50 (Hum real e cinquenta centavos) a hora. A justificativa para o aumento é de que já se passaram 22 anos sem aumento e que se fossem colocar o valor correto, com a inflação do período, a tarifa seria de R$ 2,20 (Dois reais e vinte centavos) a hora. Aplicando para isso uma inflação acumulada de 337,82%.

Certo ou não do aumento, a verdade é que a população nunca leva vantagem em alguma coisa e, quando parece que tem algo barato, logo tem os seus preços ajustados e muito bem ajustados.

Se fizermos uma análise bem besta, vamos perceber que independente de ser na cidade de Sorocaba a população vai ter tarifas e impostos:

  • IPTU caro,
  • Agua cara,
  • Energia caríssima,
  • Esgoto e lixo caro,
  • Sem contar nos ICMSs da vida, que esfolam as pessoas na origem do produto, no transporte do produto e na chegada do produto até a casa.

E a isso, se soma que mesmo pagando inúmeros tributos o cidadão de bem vai encontrar:

  • Transporte coletivo de qualidade ruim ou péssima,
  • Sistema de Saúde precário, por que quando é bom, logo e considerado inviável.
  • Pavimentação ruim nas estradas e ruas.
  • E o pior um sistema de ensino, que não ensina e que muitas vezes leva contra valores aos estudantes.

Está na hora de começarmos a repensar os políticos que elegemos, e procurar pessoas comprometidas com novos valores, principalmente com:

  • Diminuição dos impostos,
  • Ensino de qualidade,
  • Saúde com atendimento humanizado

Se o político já esteve ocupando cargos públicos e não pensou nesses tipos de melhorias para a sua cidade,  não tenha medo de risca-lo da sua lista de possíveis candidatos e vá a trás de outro. Procure alguém que se comprometa com temas importantes. Já pagamos impostos demais! Comece por você, passar o Brasil a limpo.

Equipe Mais de Deus